Apesar de jogar em casa, contar com o apoio maciço da torcida e ter tido as melhores chances, o Botafogo ficou apenas no empate com o Juventude em 1 a 1 nesta quinta-feira, no Estádio Nilton Santos, na primeira partida pela terceira fase da Copa do Brasil. Como não há mais gol qualificado, o Glorioso precisará vencer em Caxias do Sul, quinta-feira que vem, para avançar. Novo empate e a vaga será decidida nos pênaltis

O jogo se desenhava perigoso. Azarão, o Juventude adotou a estratégia de se defender, fazer cera desde o princípio e aproveitar os espaços nos ataques alvinegros. Mas foi na bola parada que o Botafogo levou a pior. Aos 19 minutos, após cobrança de escanteio, a defesa cochilou e Paulo Sérgio deixou os visitantes na frente, escorando livre dentro da área.

Com a torcida um tanto quanto nervosa com o placar adverso, o Botafogo passou a pressionar mais o Juventude. João Paulo, pegando a sobra, quase empatou, mas parou no goleiro Marcelo Carné. Depois, uma confusão generalizada culminou com as expulsões de João Paulo e Paulo Sérgio. Com 10 para cada lado, mais espaços apareceram, mas o Botafogo não conseguia estufar a rede, errando muito no último passe.

A história começou a mudar no segundo tempo. Logo aos cinco minutos, Erik sofreu pênalti de Marcelo Carné. Ele mesmo foi para a cobrança e empatou o jogo, incendiando o Estádio Nilton Santos novamente. Rodrigo Pimpão e Cícero quase viraram. A pressão aumentou, mas nada da bola entrar. Na chance mais incrível até então, Diego Souza cabeceou e Marcelo Carné salvou.

Mas nada como fez Kieza. O atacante, com o gol aberto, desperdiçou uma chance claríssima de virar o jogo e garantir a vitória, aos 43 minutos, fazendo a torcida alvinegra proferir aquelas palavras de carinho ao atacante. A chance foi inacreditável. E o jogo terminou mesmo empatado, frustrando os mais de 21 mil botafoguenses presentes.

Próximos jogos

O próximo compromisso do Botafogo será justamente a partida de volta contra o Juventude, quinta-feira que vem, às 19h15, no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. Avançando, os jogos da quarta fase da Copa do Brasil serão já nas duas próximas semanas, antes da estreia da equipe no Brasileirão, dia 27, contra o São Paulo, no Morumbi.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 1 X 1 JUVENTUDE

Estádio: Nilton Santos
Data/Hora: 04/04/2019 – 21h30
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
Renda e público: R$ 489.982,00 / 19.747 pagantes / 21.839 presentes
Cartões amarelos: Jonathan, Marcelo Benevenuto e Gustavo Bochecha (BOT); Rafael Jataí, Marcelo Carné e Moisés Gaúcho (JUV)
Cartões vermelhos: João Paulo 35’/1T (BOT); Paulo Sérgio 35’/1T (JUV)
Gols: Paulo Sérgio 19’/1T (0-1), Erik 5’/2T (1-1)

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Marcinho (Luiz Fernando 20’/2T), Marcelo Benevenuto (Gustavo Bochecha 35’/2T), Gabriel e Jonathan; Alex Santana, João Paulo e Cícero; Rodrigo Pimpão (Kieza 28’/2T), Erik e Diego Souza – Técnico: Zé Ricardo.

JUVENTUDE: Marcelo Carné; Vital, Genílson, Sidimar e Eltinho; Rafael Jataí, Moisés Gaúcho (Bruno Camilo 42’/2T) e Denner (Aprile 31’/2T); John Lennon (Breno 21’/2T), Paulo Sérgio e Dalberto – Técnico: Marquinhos Santos.

Fonte: Redação FogãoNET