Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

BOTAFOGO LEVA GOL BISONHO, EMPATA E COMPLICA CLASSIFICAÇÃO NO CARIOCA

0 comentários

Compartilhe

Marcelo Mattos completou 150 jogos pelo Botafogo (FOTO: Satiro Sodré/SSPress)Marcelo Mattos completou 150 jogos pelo Botafogo (FOTO: Satiro Sodré/SSPress)

A classificação do Botafogo para a semifinal do Carioca está a cada dia mais difícil. Nesta quinta-feira, o Alvinegro empatou por 1 a 1 com o Volta Redonda e brecou sua reação no estadual após duas vitórias consecutivas – Bonsucesso e Duque de Caxias. Jorge Wagner abriu o placar e Sassá deixou tudo igual. A partida foi marcada pela baixa qualidade técnica, mas também pelos poucos torcedores no Maracanã: 3.819 presentes.

Com o resultado, o Botafogo chega aos 12 pontos e permanece na 8ª colocação. Para piorar a situação, o Cabofriense venceu o Bonsucesso e se manteve firme no G-4, com 19 pontos. Com 10, o Volta Redonda ocupa a 10ª posição.

Com torcida quase inexistente, o Botafogo não parecia muito interessado no jogo. Mas a fragilidade do Volta Redonda, tornava o Alvinegro perigoso em alguns momentos. Quando demonstrava um pouco mais de vontade, chegava ao gol de Gatti, mas sem criar uma grande oportunidade até a parada técnica, aos 20min. Um dos principais motivos foi os seguidos erros de posicionamento de Wallyson, que ficou algumas vezes em impedimento.

E o que já era ruim, ficou ainda pior. Após a parada técnica, as equipes voltaram ao jogo, mas o que menos se via era futebol. A primeira chance real de gol ocorreu apenas aos 40min. Wallyson arrancou em velocidade pela esquerda e rolou na medida para Lodeiro. O uruguaio chutou de primeira, mas a bola explodiu na zaga do Volta Redonda.

Para encerrar o primeiro tempo, Wallyson desperdiçou grande oportunidade. Gabriel roubou bola no meio de campo e deu passe açucarado para o atacante, que perdeu na velocidade para o zagueiro e se embolou com a bola na área. Ao fim do primeiro tempo, a torcida não perdoou e vaiou a equipe.

As equipes voltaram do intervalo, mas a falta de vontade continuou a mesma. Aos 7min, o Botafogo teve uma boa oportunidade para abrir o placar, mas Wallyson pegou mal na bola e chutou para fora de dentro da área. Apesar de o jogo continuar com qualidade técnica questionável, o segundo tempo foi mais aberto.

Insatisfeito, o técnico Eduardo Hungaro mexeu no Botafogo: sacou Wallyson e Marcelo Mattos, para as entradas de Henrique e Bolatti. E em uma das primeiras jogadas, o atacante foi decisivo. Ele cruzou para  Tanque Ferreyra, mas a bola desviou na mão do zagueiro do Volta Redonda: pênalti. Jorge Wagner assumiu a responsabilidade e abriu o placar aos 18min.

E quando parecia que o Botafogo conseguiria a vitória, o Volta Redonda aproveitou falha da defesa para reagir. Bolívar dividiu bola com o adversário e a bola sobrou livre para Sassá, que driblou Jefferson e deixou tudo igual aos 29min. Hungaro foi para o tudo ou nada e lançou Daniel na vaga de Gabriel.

O Botafogo ensaiou uma pressão no fim do jogo e acabou cedendo espaços na defesa. O Volta Redonda foi prejudicado, já que teve um impedimento mal marcado – Sassá ficaria cara acara com Jefferson. Daniel deu boa movimentação ao ataque, mas nada mais aconteceu. Empate ruim para as pretensões do Alvinegro em se classificar para as semifinais do Carioca.

BOTAFOGO 1 X 1 VOLTA REDONDA

Data e horário: 19/02/2014 (quinta-feira), às 19h30 (horário de Brasília)
Local: Estádio Jornalista Mário Filho (Maracanã), no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Estevão Cunha da Trindade
Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa e Patricia Silveira de Paiva Retondario da Silva
Público: 2.981 pagantes / 3.819 presentes
Renda: R$ 87.970,00
Cartões Amarelos: Gilberto Alemão (VRE) Bolatti e Edílson (BOT)
Gols: Jorge Wagner, aos 18min, e Sassá, aos 29min do segundo tempo

BOTAFOGO
Jefferson; Edílson, Bolivar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos (Bolatti), Gabriel (Daniel), Jorge Wagner, Lodeiro e Wallyson (Henrique); Tanque Ferreyra
Técnico: Eduardo Hungaro

VOLTA REDONDA
Gatti; Rodrigo Paulista, Marcelo, Gilberto e João Paulo; Bruno Barra, Zé Augusto (Dudu), Glauber e Laionel; Tiago Amaral (Arthur) e Hugo (Sassá)
Técnico: Toninho Andrade

 

Comentários