O Botafogo mantém o recorde de público e de renda da atual edição da Libertadores: 45.158 pagantes (mais de 50 mil presentes), com renda de R$ 2.197.300, na goleada por 4 a 0 sobre o Deportivo Quito. O Flamengo já tentou duas vezes, mas não conseguiu superar.

Segundo informação do “Globoesporte.com”, o Botafogo tem média de 36.637 pagantes, maior que a do Flamengo, de 36.267. O site fala em “empate técnico” dos clubes. Na renda, a vantagem é rubro-negra, com média de R$ 1.904.150, contra R$ 1.896.390 do Botafogo.

Fonte: Redação FogãoNET