Com a notícia de que Jefferson vai retornar à mesa de operação para uma nova cirurgia no braço esquerdo, a pressão pela renovação de contrato de Sidão aumentou. Entre o Botafogo e o goleiro, que fecharam por mais duas temporadas, a princípio, está tudo certo. Mas o representante do jogador prefere não confirmar o acordo para não se precipitar, pois ainda falta a liberação do Audax-SP, clube que tem vínculo com o atleta até abril de 2017.

Recentemente, o Esporte Interativo informou que o Botafogo iria aproveitar a viagem a São Paulo, onde enfrentaria o Palmeiras, para se reunir com o Audax-SP. Mas Antônio Lopes, pessoa responsável pela negociação, não entrou em contato com o clube paulista. Por outro lado, os dirigentes do time do interior de São Paulo não se manifestaram e continuam aguardando contato dos cariocas.

Nesta semana, um dos dirigentes do Audax-SP vai viajar para o Rio de Janeiro e deve aproveitar para se reunir com Antônio Lopes. O Botafogo tentou a liberação de Sidão sem a necessidade de investimento, mas o clube paulista exige, pelo menos, R$ 900 mil. O valor pode diminuir caso o Alvinegro envolva jogadores no acordo.

Sidão chegou ao Botafogo em maio deste ano com a árdua missão de substituir Jefferson. Com boas atuações em 32 jogos, o goleiro vai se tornando um dos destaques do time carioca no Campeonato Brasileiro.

Fonte: Esporte Interativo