Precisando de cada centavo para manter o bom funcionamento do clube, a diretoria do Botafogo tem de lidar com uma nova dor de cabeça. Desde o dia 1º de julho, os dirigentes aguardam o depósito de 1 milhão de euros (R$ 3,6 milhões) relativos a primeira parcela da venda do zagueiro Dória, em 2014, para o Olympique de Marselha, da França. O dinheiro, porém, não caiu na conta até esta terça-feira.

Segundo o vice jurídico do Botafogo, Domingos Fleury, os advogados do clube enviarão, nesta quarta, uma notificação ao Olympique de Marselha para que efetue o pagamento no prazo de 48 horas. Caso isso não ocorra, o clube já se articula para cobrar o valor na Fifa.

— Vamos enviar uma notificação formal amanhã (quarta-feira) para cobrar o depósito. Caso não seja feito, vamos reivindicar, na Fifa e na Uefa, o pagamento do valor total da venda do Dória de forma integral — disse Fleury.

A transferência de Dória renderá 6 milhões de euros (cerca de R$ 20 milhões) ao Botafogo. Os pagamentos, porém, serão feitos de forma parcelada. A primeira teria de ser paga no dia primeiro. A segunda, no valor de 2 milhões de euros, em julho de 2016. A terceiro, no mesmo valor, em dezembro. E a quarta, de 1 milhão de euros, em julho de 2017.

Fonte: Extra Online