Luiz Fernando tem oscilado na atual temporada, mas o futebol demonstrado até então foi o suficiente para que o jogador despertasse o interesse de grandes clubes pelo mundo. O que mais chama atenção foi a sondagem recebida pelo Milan. Os italianos estão de olho no atleta que recuperou a titularidade recentemente.

O Milan sinalizou com a possibilidade de investir 3 milhões de euros (aproximadamente R$ 13 milhões) na contratação do jogador do Botafogo. A diretoria, no entanto, considera o valor muito baixo e não tem qualquer objetivo de abrir negociação nestes termos.

Mesmo que quisesse, o Botafogo tem uma obrigação a fazer antes de iniciar uma conversa. Quando acertou o empréstimo de Diego Souza, o São Paulo passou a ter prioridade na compra de Luiz Fernando.

No entanto, até o momento, nenhum dirigente do clube carioca entrou em contato com os paulistas para avisar sobre uma proposta de outro clube, segundo apurou o UOL Esporte. Isso só ocorrerá se houver uma oferta oficial. Nesse caso, o Alvinegro é obrigado a procurar o São Paulo.

O atacante é visto com bons olhos pelo departamento de futebol do Tricolor paulista. Porém, a comissão técnica e os dirigentes acreditam ser mais importante investir em outros setores neste momento. O São Paulo deve fazer uma reformulação em seu elenco durante a pausa para a Copa América.

Neste período, o time do Morumbi pretende acertar a saída de alguns atletas para reduzir a sua folha salarial e contratar um centroavante e um lateral direito. O time já negocia com Adriano, do Adriano, do Besiktas, da Turquia, e estuda os nomes do argentino Juan Dinenno, que tem os seus direitos vinculados ao Racing da Argentina, e de Ricardo Oliveira, do Atlético-MG.

Fonte: UOL