Embalado pelo triunfo de 1 a 0 sobre o Vitória, na Bahia, o Botafogo tenta manter o bom momento no Campeonato Brasileiro neste sábado, às 21h (de Brasília), quando visita o América-MG no Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG), pela 27ª rodada da competição.

Mesmo eliminado pelo Cruzeiro no meio de semana, na Copa do Brasil, o time não mostra abatimento e planeja a vitória para encostar no G-4, a zona de classificação para a próxima Copa Libertadores. O Botafogo soma 38 pontos, na nona colocação. O América também vem de vitória por 1 a 0, sobre o Internacional, porém, segurando a lanterna com 18 pontos, está virtualmente rebaixado.

Jair Ventura, técnico do Botafogo, ligou o sinal de alerta em seus jogadores. “O jogo do América contra o Internacional foi importante para provar que não existe partida tranquila e nem favorito no Campeonato Brasileiro. Existe sim um time em condições de impor seu estilo sobre o adversário e é isso que pretendemos fazer neste sábado, mesmo fora de casa”, disse Jair.

Na visão dos botafoguenses, o time não deve pensar na zona de classificação, hoje distante, a sete pontos. “Nós temos que pensar em um jogo de cada vez. Não podemos projetar nada e nem mesmo o G-4. Até porque sequer conseguimos a pontuação que nos livra matematicamente do rebaixamento. O nosso foco neste momento é vencer o América mineiro e ganhar mais três pontos”, avisou o meia Camilo.

Em termos de escalação, o Botafogo poderá contar com o goleiro Sidão, que estava cuidando da esposa, doente. Ele assume o posto de Helton Leite, que foi titular contra o Cruzeiro. O volante Aírton, recuperado de lesão na coxa esquerda, reaparece na vaga de Víctor Luís, que cumpre suspensão por acúmulo de cartões amarelos. Assim, Diogo Barbosa assume a lateral direita. O meio-de-campo será completado por Bruno Silva, que volta de suspensão.

Pelo lado do América, o técnico Enderson Moreira conversou com os jogadores no sentido deles não pensarem na posição na tabela de classificação e encararem cada partida como uma decisão. O discurso foi bem assimilado.

“Não vejo motivos para que a nossa equipe não honre a camisa até o último jogo. Não podemos pensar na tabela de classificação e sim em somar pontos, buscando vencer um jogo de cada vez”, disse o volante Leandro Guerreiro, um dos líderes da equipe e que já defendeu o Botafogo na década passada.

O América terá mudanças na escalação. O goleiro João Ricardo, que chegou a ser dúvida por conta de um pequeno edema no tornozelo direito, se mostrou recuperado e vai a campo, ganhando o posto de Fernando Leal. Porém, não há apenas boas notícias. O lateral-esquerdo Gilson, com lesão na coxa direita, e o atacante Osman, com lesão na coxa esquerda, foram vetados, dando lugar a Bruno Teles e Matheusinho, respectivamente.

No primeiro turno do Campeonato Brasileiro as duas equipes se enfrentaram no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), e o Botafogo venceu por 3 a 1 em noite inspirada do artilheiro Sassá, que marcou três gols. Sávio descontou para o Coelho.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-MG X BOTAFOGO-RJ

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 24 de setembro de 2016 (Sábado)
Horário: 21h(de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (Fifa-SP)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)

AMÉRICA: João Ricardo, Jonas, Roger, Éder Lima e Bruno Teles; Leandro Guerreiro, Juninho, Ernandes e Danilo; Matheusinho e Nixon
Técnico: Enderson Moreira

BOTAFOGO: Sidão, Emerson Santos, Joel Carli, Emerson Silva e Diogo Barbosa; Aírton, Bruno Silva, Dudu Cearense e Camilo; Neilton e Gustavo Canales
Técnico: Jair Ventura

Fonte: ESPN.com.br