Leo Valencia não faz parte dos planos do Botafogo. Desde 2017 no clube, o meia chileno pode estar de saída de vez. Como tem contrato em vigor, o Alvinegro vai tentar uma rescisão amigável, como revelado por Carlos Augusto Montenegro, integrante do Comitê Executivo de Futebol.

– Ele tem mais cinco meses de contrato, então, vamos conversar com ele. Ver se ele procura a vida dele, procura um outro clube. Não vamos exigir nada. O importante para gente é o alívio na folha. É um jogador que a torcida, infelizmente, não gosta. Ele não se adaptou ao Botafogo, cheio de altos e baixos – afirmou Montenegro ao site “Globoesporte.com”.

A saída depende de Leo Valencia topar a decisão do Botafogo.

– Eu acho que o melhor é começar uma vida nova, ser sincero. A gente tem de pagar todas as obrigações que tem com ele e liberar. Vamos ver se ele aceita. A ideia é conversar com ele e liberar – acrescentou o dirigente.

Fonte: Globoesporte.com