Sem vencer há três partidas e vindo de dois empates sem gols em casa contra Criciúma e Luverdense. Esse é o Botafogo que visita o Santa Cruz neste sábado, às 16h30, no Estádio Arruda, em Recife, pela 17ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com trinta pontos conquistados, o time carioca já perdeu a liderança, mas vai retomá-la em caso de um triunfo. Um novo tropeço, porém, pode começar a complicar até mesmo a presença no G-4, a zona de acesso para a elite do futebol nacional.

Neste sábado o Botafogo não terá que superar apenas a sua própria irregularidade. Isso porque o Santa Cruz, apesar de estar vindo de derrota de 1 a 0 para o Oeste e de ter somado apenas 22 pontos, ainda longe do G-4, estará motivado pela estreia do atacante Grafite, principal contratação para a temporada. O fato deverá levar mais de cinquenta mil torcedores ao estádio, o que já garante uma forte pressão aos botafoguenses.

“Vai ser uma pressão muito grande pois o Arruda costuma jogar junto com o Santa Cruz e precisamos estar preparados para lidarmos com esse tipo de situação. O Botafogo conta com um elenco que tem condições de dar uma boa resposta dentro de campo. Também precisamos muito desse resultado para voltarmos para uma situação confortável na tabela de classificação e vamos lutar muito pelo resultado”, disse o lateral esquerdo Carleto.

A pressão temida pelos botafoguenses tem gerado expectativa no Santa Cruz: “Sabemos que a torcida está se movimentando, comprando muito na venda antecipada e isso nos deixa cada vez mais empolgados para este jogo. Respeitamos o Botafogo, mas temos um compromisso com a torcida e precisamos de um triunfo para nos aproximarmos do primeiro pelotão”, declarou o goleiro Tiago Cardoso.

Em relação à necessidade de vitória, os botafoguenses pregam a tranquilidade como principal arma: “Sabemos do nosso potencial e por isso mesmo não podemos fazer com que a afobação nos prejudique e não podemos colocar uma pressão maior do que a que já temos. A partida contra o Santa Cruz vai ser complicada, mas precisamos desempenhar bem aquilo que planejamentos durante a semana. Mesmo respeitando o Santa Cruz nós podemos ganhar”, colocou o volante Willian Arão.

Em termos de escalação o mistério é maior por parte do Botafogo, uma vez que o técnico Ricardo Gomes não quis antecipar a formação que pretende mandar a campo. Porém, ele deverá promover a entrada do atacante Neilton na vaga de Sassá. Já o lateral direito Luis Ricardo, recuperado de lesão na coxa esquerda, reaparece na vaga de Diego.

Pelo lado do Santa Cruz, além da entrada de Grafite na vaga de Luisinho, o lateral direito Vitor ganhou a posição do volante Moradei, com Bileu, que vinha atuando de maneira improvisada no setor, voltando a ser volante.

FICHA TÉCNICA:
SANTA CRUZ-PE X BOTAFOGO-RJ

Local: Estádio Arruda, em Recife (PE)
Data: 8 de agosto de 2015 (Sábado)
Horário: 16h30(de Brasília)
Árbitro: Flávio Rodrigues Guerra (SP)
Assistentes: Vicente Romano Neto (SP) e Carlos Augusto Nogueira Júnior (SP)

SANTA CRUZ: Tiago Cardoso, Vitor, Danny Morais, Neris e Marlon; Wellington, Bileu, João Paulo, Lelê e Anderson Aquino; Grafite. Técnico: Marcelo Martelotte

BOTAFOGO: Jéfferson, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Diego Giaretta e Carleto; Diérson, Willian Arão, Octávio e Diego Jardel; Neilton e Luis Henrique. Técnico:Ricardo Gomes

Fonte: ESPN.com.br