O Botafogo segue em busca da CND do Município do Rio de Janeiro. A reportagem da Rádio Botafogo Oficial entrou em contato com o Vice-presidente jurídico do Botafogo, Domingos Fleury que confirmou essa situação, destacando que a CND que tem sido divulgada na internet é a Federal, que o Botafogo já tinha obtido e foi renovada (normalmente se renova a cada seis meses caso o clube esteja em dia com as obrigações). Fleury ainda afirmou que o contrato com a Caixa até já pode ser assinado, desde que haja uma cláusula com um determinado tempo para o Botafogo obter a certidão municipal.

“Essa CND que está circulando por aí é a Federal, que conseguimos para entrar no ProFut e vale por seis meses, e de seis em seis meses a gente tira ela. A Caixa também pediu essa certidão, então a CND Federal foi só uma renovação, e não tinha problema nenhum. É só você pagar as parcelas que a cada seis meses a secretaria da Receita Federal emite para você. A Certidão nova, que estamos começando do zero para conseguir a CND do ProFut é a do município do Rio de Janeiro. Botafogo tem dívidas com o município que precisam ser equacionadas para que o município mande a certidão negativa com efeito de positiva. Então, tudo que tem sido ouvido por aí é em relação a CND Federal, mas aqui (no município) ainda estamos pendentes e sem ela não há grana da Caixa, embora nada impeça que o Botafogo assine contrato com a Caixa. Apenas terá uma cláusula que vai tornar a vigência do contrato válida somente quando o Botafogo conseguir a CND municipal além da CNDT, que são as Certidões Negativas de Débitos Trabalhistas. Todas já estão na iminência de sair, vão sair, não tem como não sair, vão ficar prontas”, afirmou.

A CND Federal foi obtida pelo Alvinegro no dia 11 de março de 2016. Na ocasião, Domingos Fleury comemorou a obtenção deste documento, já que o Botafogo não o possuía desde 1993, e destacou a importância do mesmo para o futuro do Botafogo.

Fonte: Rádio Botafogo Oficial