Depois de algum tempo em silêncio, o vice-presidente de futebol do Cruzeiro, Itair Machado, abriu o jogo sobre as principais ações da diretoria no mercado. Em entrevista ao programa Turma do Bate-Bola, da Rádio Itatiaia, o dirigente atualizou as negociações com o São Paulo para a manutenção do volante Hudson e comentou as situações dos alvos do clube: o volante Bruno Silva (Botafogo), o lateral-direito Rafinha (Bayern de Munique), os atacantes Fernandão (Fenerbahçe-TUR), Gabriel (Internazionale-ITA) e David (Vitória). Abaixo, a resposta de Itair Machado acerca de cada cenário:

Bruno Silva – volante (Botafogo)

“O que acontece é que Minas Gerais, a gente tem que falar isso aqui também, a imprensa que cobre o Cruzeiro eu nunca vi os caras trabalharem tanto. Os caras ligam sábado, domingo, feriado, e eu brinco com eles que deve estar rolando muita hora extra que os veículos têm que pagar para os repórteres. Isso acaba vazando. Aí o cara fala: ‘O Itair ou o Wagner deixou vazar’. Não é. Você está olhando com o jogador, e o jogador tem um amigo de Minas. Aí ele comenta e alastra nesse negócio de grupo de WhatsApp. Se você pegar o Bruno Silva, tem quatro jogadores da Série A querendo ele. Mas o jogador, por ser cruzeirense e a família ser daqui, e também por ser doido para jogar com o Mano – ele falou isso para o Mano num jogo entre Cruzeiro e Botafogo pelo Brasileiro – optou por jogar no Cruzeiro. Abriu-se então uma facilidade para que o Cruzeiro ganhasse a briga. Só que tem o Botafogo, que queria o dinheiro agora, e a Ponte Preta, que tem de fazer anuência de contrato. Com a Ponte Preta hoje ficou tudo certo. Conversei com o presidente, o contrato está sendo feito, ficou tudo certo. Como tem a posse na segunda, a gente vai, na terça-feira, acabar de detalhar esse contrato com o Bruno Silva. Acredito que vá se concretizar, porque falta pouca coisa. Não é novela. A imprensa de Minas que é competente, descobre tudo e todo dia quer o desfecho. Mas há negociações que são mais demoradas. Você está mexendo no coração do Botafogo. A diretoria do Botafogo adora o Bruno Silva e, por eles, o jogador não sai de lá de jeito nenhum. Tanto que o Botafogo quis pagar a mesma faixa salarial que o Cruzeiro ofereceu para o jogador ficar animado lá. Mas o jogador quer vir para jogar a Libertadores pelo Cruzeiro”.

Nota: segundo o empresário Carlinhos Sabiá, que cuida da carreira de Bruno Silva, está tudo certo entre Cruzeiro e Botafogo pela transferência do jogador. A Raposa pagará R$ 4 milhões ao clube carioca em janeiro e repassará 40% dos direitos do atacante Roni, que estava no Albirex Niigata, do Japão. Restava acertar a aquisição dos 60% restantes da Ponte Preta, que, de acordo com Itair Machado, foi resolvido nesta sexta-feira.

Fonte: Superesportes