As negociações do Cruzeiro para ter o atacante Sassá, do Botafogo, evoluíram muito bem nas últimas horas. Um detalhe, porém, ainda impede que a transferência seja sacramentada. A diretoria celeste propôs o empréstimo de Elber, que interessava aos cariocas, mas o meia-atacante “viajou na pedida contratual”, conforme revelou ao Superesportes o presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira.

“Essa negociação específica eu acho que já morreu. O Elber viajou na pedida contratual. Não acredito que vamos voltar a negociar com ele, porque as informações que recebemos foi o que o atleta está irredutível. Não vejo como evoluir essa troca”, disse o mandatário, que não descartou, porém, que a troca aconteça envolvendo outro atleta do Cruzeiro.

“Existe um bom entendimento entre Botafogo e Cruzeiro, é uma relação antiga, de troca de jogadores no passado. É uma grande equipe. Ainda não tratamos sobre novos nomes, quem está conversando com a diretoria do Cruzeiro é o Antônio Lopes e ele está com a delegação na Argentina (local em que o Botafogo enfrenta o Estudiantes, pela Copa Libertadores)”, complementou.

Cruzeiro e o estafe do atacante Sassá já entraram num acordo sobre salários, luvas e comissão de agentes envolvidos nas tratativas. A ida por empréstimo de Elber ao Botafogo, com passe fixado, seria uma espécie de compensação por Sassá, que tem vínculo com o clube carioca até dezembro de 2017 e, em julho, já poderia assinar contrato com outra equipe. Justamente por isso, é interesse da diretoria alvinegra ter algum ganho com o atleta neste momento sob risco de que ele saia sem custos ao fim da temporada. Além de ganhar Elber, o Botafogo seguiria com um percentual de Sassá.

Além de Elber, o Cruzeiro tentou envolver na negociação o atacante Neilton. Ele teve boa passagem pelo Botafogo nas últimas duas temporadas, mas teve seu nome descartado por Carlos Eduardo Pereira. Nessa terça-feira, a Raposa acabou acertando a transferência em definitivo do atacante para o Vitória em troca de compensação financeira e os direitos do jovem Nickson, que está na base celeste.

Fonte: Superesportes