Cícero vestiu a camisa do Botafogo e foi apresentado oficialmente no Estádio Nilton Santos em entrevista coletiva. Experiente e polivalente, o jogador de 34 anos demonstrou sua felicidade por chegar ao Botafogo e colocou como principal motivação para seu acerto com o Alvinegro o projeto ambicioso e vencedor do clube. Com grandes camisas no currículo, Cícero inicia sua trajetória no mais tradicional com a mentalidade vencedora para buscar um título nacional.

– Quero agradecer ao Anderson Barras pela palavras e oportunidade. Venho para tentar ajudar a esse grupo. Quero agradecer o esforço que o Botafogo fez, ao Anderson Barros, que tem grande parcela nisso. O projeto do Botafogo está me propondo é um projeto de longo prazo e se Deus quiser tem tudo para dar certo. É uma camisa muito pesada do futebol brasileiro. Já vesti grandes camisas e estou tendo essa oportunidade. Sabemos que está faltando um título importante no cenário nacional e estou disposto a comprar essa ideia. O ambiente é muito bom, o grupo é unido. Ao longo da minha vida aprendi a ser vitorioso e hoje eu chego para ser vitorioso novamente. Não me contento em fazer pouco e estou muito animado. Tenho certeza que posso ajudar em algumas coisas, assim como posso aprender com os mais jovens também. Ninguém sabe de tudo na vida – destacou Cícero.

ELOGIOS DE ZÉ RICARDO

– Realmente tivemos uma conversa boa. O Cícero está muito motivado. É um atleta que agrega muita experiência, além de ter sido vencedor por onde passou. Sobre a posição eu sei que ele se sente bem jogando no setor central e, caso a gente precise, deixou claro que podemos contar com ele. A ideia é utilizá-lo no setor central do campo, mas dependendo não penso em utilizá-lo somente nesse setor – falou Zé Ricardo.

SATISFAÇÃO DE ANDERSON BARROS

– Gostaria de registrar o empenho e o compromisso do próprio atleta para estar aqui conosco. Acredito que essa parceria possa ser longa e ajudar muito o nosso clube. Que o Cícero seja muito bem vindo. Precisamos da ajuda dele e o Botafogo também tem muito a oferecer.

Confira os demais trechos da apresentação oficial de Cícero no Botafogo!

CONVERSA COM ZÉ RICARDO

– Tive uma conversa rápida com o Zé Ricardo e claro que o tempo ainda é curto. Dentro dessa conversa eu deixei claro que posso ajudar em várias posições, mas gosto muito de jogar como um segundo volante, assim que vinha jogando no Grêmio. Se para a identidade da equipe for o melhor, vamos fazer da melhor forma possível. Fiz muitos gols na minha carreira, mas jogando como um segundo volante. Estou aqui para ajudar o Zé Ricardo e o Botafogo.

NO TEMPO CERTO

– A gente teve essa conversa também. Não adianta darmos um passo maior que a perna. Depois do fim do Brasileiro eu fiquei mais de um mês treinando por minha conta, o que não é a mesma coisa que treinar com o time. Não quero ter pressa para entrar e fazer as coisas de um jeito corrido.

PROJETO ANIMADOR

– O Botafogo veio com esse projeto e fiquei muito animado. Um projeto ambicioso de um Botafogo que ainda está em transição. Cheguei no Fluminense numa condição parecida e espero que aqui também dê certo.

EXPERIÊNCIA PARA AGREGAR

– Quanto mais você faz as coisas acontecerem a cobrança virá em dobro depois. Sou o segundo mais velho, mas brinco que sou igual a vinho. Nunca tive lesão ou fiz cirurgia. Isso vem de uma boa genética e tento sempre me preparar para não deixar cair o nível. Me cuido e isso conta muito para dentro do vestiário, até para você motivar os mais jovens.

Fonte: Site oficial do Botafogo