O jovem Cidinho deixou o campo sentindo dores no joelho direito, o mesmo que havia passado por uma cirurgia que o deixou afastados dos gramados. A promessa não escondeu a preocupação.

“Foi o joelho que operei, estou sentindo uma dor e vamos torcer para que não seja nada sério”, disse na saída de campo.

Cidinho, porém, passou por uma primeira avaliação e, a princípio, a lesão não é das mais graves.

“O Cidinho, graças a Deus, no primeiro exame, não apontou nada grave. Mas vamos esperar as primeiras 24 ou 48 horas para termos o diagnóstico preciso”, informou o técnico Eduardo Hungaro.

Fonte: UOL