A novela Bruno Silva parecia estar perto do fim, mas ganhou novas cenas. Segundo o site “Globoesporte.com”, devido ao atraso do Cruzeiro em efetuar o pagamento, o Atlético-MG entrou na briga e começou conversas com o staff do volante do Botafogo.

O clube de General Severiano exige pagamento de R$ 4 milhões até o dia 4 de janeiro, enquanto o Cruzeiro só quer pagar dia 10. O empresário Carlinhos Sabiá não confirma negociação com o Galo.

– Não estou conversando com ninguém do Atlético-MG. O que posso falar do Bruno Silva, conforme conversei com o Itair (Machado) hoje é que a situação precisa ser definida rapidamente, no mais tardar no dia 3 de janeiro. O negócio só estará 100% fechado quando o Cruzeiro pagar, o futebol é muito dinâmico – afirmou ao site “Globoesporte.com”.

Para contratar Bruno Silva, além do Botafogo, é preciso negociar com a Ponte Preta, que tem 60% dos direitos econômicos.

Fonte: Globoesporte.com