Além de negar qualquer negociação com o Cruzeiro, o Botafogo já manifestou na semana passada a intenção de prorrogar o contrato de Bruno Silva, que vai até dezembro de 2019, até o final de 2020. A multa rescisória do jogador, atualmente, é de R$ 20 milhões. O empresário do atleta, Carlinhos Sabía, virá ao Rio nos próximos dias para tratar do assunto.

A pretensão do Botafogo é adquirir um percentual maior dos direitos econômicos do volante – hoje, o clube detém apenas 40%, e os outros 60% pertencem à Ponte Preta, que o contratou em 2013 após o atleta se destacar pelo Avaí. As informações são do Globoesporte.com.

Bruno Silva foi anunciado pelo presidente do Cruzeiro (FOTO: Vitor Silva/SSPress)

Neste domingo, momentos antes do clássico contra o Atlético-MG, o presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, surpreendeu ao revelar ter chegado a um acordo para a contratação de Bruno Silva. O agente Carlinhos Sabiá negou qualquer acerto.

– Não tenho nada acertado com o Cruzeiro. O que poso dizer é o seguinte: recebi uma ligação do Itair (Machado), que é o novo homem forte do futebol e é meu amigo também. Ele perguntou qual é a situação do Bruno no Botafogo. E dependendo como fossem as coisas ele tem interesse em contratar. Falei que ia ver com o Botafogo, mas só isso. Nunca conversei com o Gilvan em relação ao Bruno Silva. Não entendo até agora qual foi o motivo dessa entrevista. Tanto eu quanto o Bruno fomos pegos de surpresa com essa notícia – garantiu Sabiá ao site.

Bruno Silva, de 31 anos, tem 104 jogos e 13 gols pelo Botafogo. Na atual temporada, são oito gols e oito assistências.

Fonte: Globoesporte.com