O meia Diego Jardel tem pouquíssimas chances de permanecer no Botafogo para a próxima temporada. Nesta semana, ele terá uma reunião com o empresário, Maurício Nassif, para determinar o futuro. O jogador tem contrato com o Avaí até o fim de 2017 e prefere não se envolver no que está por vir.

– Sobre ficar ou não ao Botafogo, deixo na mão dos meus empresários. Tenho contrato com o Avaí, então, é uma situação mais complicada. Tenho até uma reunião marcada com meus empresários. Deixo meu futuro para Deus e os empresários que são capacitados. O melhor vai ser decidido em conjunto, com minha família. Se for para ficar, ficarei feliz, um clube que me abriu as portas. Mas vamos deixar as coisas acontecerem  – disse.

Diego Jardel fez 35 jogos pelo Botafogo nesta temporada, com quatro gols marcados. Ele começou o ano em alta, entre os titulares, mas sofreu duas lesões e foi parar no banco. Já no Campeonato Brasileiro da Série B, ele amargou a reserva em boa parte do tempo. Neste sábado, ele foi titular contra o Santa Cruz e deixou o campo vaiado por parte da torcida.

Fonte: Terra