O Botafogo recebe o Coruripe nesta quinta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Los Larios, em Duque de Caxias, na partida de volta da primeira fase da Copa do Brasil. O time carioca venceu a ida por 1 a 0, e agora tem a vantagem do empate para avançar. Os alagoanos precisam devolver o 1 a 0 para forçar a disputa de pênaltis, ou ganhar por qualquer outro marcador para definir a classificação.

Dividindo as atenções com a final do Campeonato Carioca, que começa no próximo domingo, contra o Vasco, o Botafogo garante foco no duelo contra o Coruripe, para evitar ser surpreendido na competição nacional, que o clube nunca venceu.

“Não podemos entrar em campo pensando no Vasco, porque podemos nos complicar. O Coruripe mostrou que não tem um time bobo, que sabe jogar com inteligência e esperar a hora certa para surpreender. Portanto, temos que entrar em campo encarando a partida com a seriedade que ela merece”, avisou Ricardo Gomes, técnico alvinegro.

Seriedade, para os botafoguenses, é, também, minimizar a vantagem obtida no confronto de ida.

“A Copa do Brasil é uma competição perigosa, se estivermos em uma noite ruim a classificação vai para o ralo e vamos ser cobrados por conta disso. Estamos tratando o jogo contra o Coruripe com grande seriedade, e não podemos deitar na vantagem que construímos na partida de ida. O importante é nos impormos desde o começo”, opinou o zagueiro Renan Fonseca.

Ricardo Gomes deve definir a equipe apenas no vestiário, minutos antes do confronto. Ele descartou a possibilidade de usar um time reserva, mas deverá preservar alguns titulares, como o meia uruguaio Salgueiro. O zagueiro Emerson Santos, com lesão na coxa direita, está fora. A boa notícia é que o atacante Sassá, que operou o joelho direito no fim do ano passado, será relacionado pela primeira vez em 2016.

Pelo lado do Coruripe, o técnico Jaelson Marcelino espera que sua equipe surpreenda. “Sabemos que o favoritismo é do Botafogo, que disputa a Série A do Campeonato Brasileiro. Mas temos condições de surpreender e voltar para Alagoas com a classificação na bagagem”, declarou o comandante.

O time manterá a base que venceu o CRB por 1 a 0, no último domingo, em partida que causou a eliminação da equipe nas semifinais do Campeonato Alagoano, já que o Coruripe havia perdido a ida por 2 a 0. O lateral-esquerdo Igor, que foi desfalque no estadual por cumprir suspensão, volta ao time e vai ocupar o posto de Sadrack. O goleiro Gott, que fraturou o rosto, segue de fora, com Ferreira permanecendo entre os titulares.

FICHA TÉCNICA:
BOTAFOGO-RJ X CORURIPE-AL

Local: Estádio Los Larios, em Duque de Caxias (RJ)
Data: 28 de abril de 2016, quinta-feira
Horário: 21h30(de Brasília)
Árbitro: Wanderson Alves de Sousa (MG)
Assistentes: Marconi Helbert Vieira (MG) e Felipe Alan Costa de Oliveira (MG)

BOTAFOGO: Jéfferson, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Joel Carli e Diogo Barbosa; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Gegê e Leandrinho; Neilton e Ribamar. Técnico: Ricardo Gomes

CORURIPE: Ferreira, Renato, Williames José, Tiago Papel e Igor; Jair, Mazinho, Tiago Lima e João Paulo; Ivan e Júnior Chicão. Técnico: Jaelson Marcelino

Fonte: ESPN.com.br