Priorizando o clássico do próximo sábado, contra o Flamengo pelo Campeonato Brasileiro, o Botafogo terá uma formação reserva nesta quarta-feira, quando visita o Bragantino às 19h30 (de Brasília), no Estádio Nabi Abi Chedid, pela partida de ida da terceira fase da Copa do Brasil. O time carioca, que no Brasileirão vem lutando para se afastar da zona de rebaixamento e empatou sem gols com o Coritiba no fim de semana, terá pela frente um adversário embalado pela vitória de 3 a 1 sobre o Oeste, mas ainda na zona de queda da Série B.

Ricardo Gomes, técnico do Botafogo, optou por preservar a maioria dos titulares. Do time considerado principal, apenas o goleiro Sidão vai a campo. A opção por utilizar apenas suplentes já aconteceu com sucesso em etapas anteriores, como na fase passada, quando despachou o Juazeirense-BA vencendo por 2 a 1 na Bahia e por 1 a 0 no Rio de Janeiro.

“O Botafogo tem jogadores de qualidade em seu elenco e estão todos sempre preparados a ajudar o time a disputar partidas complicadas. Portanto, confio no potencial dos meus atletas e sei que temos condições de fazer uma boa apresentação”, disse o treinador.

Ainda em relação ao jogo contra o Bragantino, os jogadores sabem da importância de marcar gols e levar a decisão para o duelo da volta, programado para o dia 27 de julho.

“O Botafogo vai fazer o jogo de volta em casa e, por isso mesmo, precisamos de um bom resultado que nos dê tranquilidade, pois assim poderemos atuar na volta com a classificação encaminhada. Marcar gols em Bragança Paulista pode ser decisivo nesta estratégia. Vamos tentar fazer um jogo ousado, como tem sido nossa tônica nesta temporada”, disse o atacante Luis Henrique.

A principal novidade será a presença do zagueiro argentino Joel Carli, que não joga desde o Campeonato Carioca por conta de uma lesão na coxa direita. A partida contra o Bragantino será um teste para o beque, que precisará mostrar ritmo de jogo para demonstrar que tem condições de participar do clássico de domingo.

Pelo lado do Bragantino, o técnico Marcelo Veiga admite o favoritismo do Botafogo. Mesmo assim, o treinador quer ver sua equipe jogando com personalidade para buscar a classificação apenas com um empate no jogo de volta.

“O Botafogo carrega seu favoritismo pela história que tem. Mas tenho um grupo muito sólido e que pretende lutar por essa classificação. Portanto, vamos em busca de um resultado positivo que nos permita lutar pela vaga fora do Rio de Janeiro”, disse Veiga.

O Bragantino tem desfalques para esse jogo. O zagueiro Lucas Rocha, o volante Jonathan e o atacante Rafael Grampolla não poderão defender a equipe porque já atuaram por outros clubes na Copa do Brasil. Assim, Gabriel Dias ganha uma vaga na zaga, Serginho será o primeiro volante e Jefferson Baiano ganhará a posição de centroavante titular.

O Bragantino eliminou o Avaí na fase anterior. Após ganhar em casa por 1 a 0, o time paulista segurou o empate por 1 a 1 em Santa Catarina. Na temporada passada o time paulista enfrentou o Botafogo duas vezes pela Série B do Campeonato Brasileiro, quando venceu em casa por 1 a 0, mas acabou goleado por 4 a 0 no Rio de Janeiro.

FICHA TÉCNICA
BRAGANTINO X BOTAFOGO

Local: Estádio Nabi Abi Chedid, em Braganca Paulista (SP)
Data: 13 de julho de 2016 (Quarta-feira)
Horário: 19h30(de Brasília)
Árbitro: Rafael Martins Diniz (DF)
Assistentes: Ramires Santos Candido (ES) e Leone Carvalho Rocha (GO)

BRAGANTINO: Felipe, Watson, Gabriel Dias, Éder Lima e Bruno Pacheco; Serginho, Edson Sitta, Daniel Pereira e Tarta; Erick e Jefferson Baiano
Técnico: Marcelo Veiga

BOTAFOGO: Sidão, Diego, Joel Carli, Emerson Silva e Victor Luís; Diérson, Fernandes, Gervásio Nuñez e Gegê; Juan Salgueiro e Luís Henrique
Técnico: Ricardo Gomes

Fonte: ESPN.com.br