Inicialmente dado como descartado, o volante Aírton tem o futuro indefinido. O jogador tem contrato se encerrando no próximo dia 30 de junho. No início desta semana, o atleta teve uma conversa com o gerente de futebol Antonio Lopes.

Na ocasião foi discutida uma possível permanência, com extensão de contrato por um ano, desde que Aírton se enquadre no perfil salarial estipulado pela diretoria, no início da temporada, que é na casa de 50 mil reais. Atualmente, o jogador ganha 150 mil reais e teria que concordar com a redução para ficar em General Severiano.

Aírton deve, ainda nesta semana,se reunir com seu representante, Claudio Guadagno. O término com o contrato com o Botafogo, dia 30, coincide com o fim do contrato com o Benfica, de Portugal, tornando o jogador dono dos seus próprios direitos.

O volante chegou no Botafogo por empréstimo, no início de 2014, e tem 40 jogos pelo clube.

Fonte: Site da Rádio Tupi