Uma reunião ainda manhã desta segunda-feira entre o Consórcio Engenhão, responsável pelas obras na cobertura do estádio Nilton Santos, e o Botafogo ficou definido que as obras no estádio serão retomadas nesta terça.

Segundo o Consórcio, o Botafogo utilizou o fechamento do estádio como forma de pressionar a Prefeitura a pagar uma dívida de R$ 3,5 referentes a gastos tidos pelo clube com o dia a dia do estádio.

Com o fechamento nesta segunda, todos os cerca de 800 operários do estádio foram liberados em função do pouco tempo para efetuar a logística de trabalho no dia.

A assessoria de imprensa do prefeito Eduardo Paes disse que a Prefeitura ficou surpresa com a atitude tomada pelo Botafogo, principalmente pelo clube não deixar os funcionários do consórcio entrarem no estádio para trabalhar. O município reconhece a dívida, diz que a primeira parcela foi paga no ano passado, mas que os valores foram sequestrados devido às dívidas judiciais do clube. Desde então, a Prefeitura diz que tenta efetuar o pagamento.

Ainda foi informado que o prefeito vem conversando diretamente com o presidente do clube, Carlos Eduardo Pereira e que o pagamento está garantido e, assim que ficar comprovado que não há risco de novos bloqueios na conta do Botafogo, o depósito será efetuado.

Fonte: Extra Online