Um possível assédio do Cruzeiro ao lateral-direito Gilberto, que defenderá a Seleção Brasileira nos Jogos Pan-Americanos, foi motivo de protesto do Botafogo nesta terça-feira. O clube carioca publicou nota oficial em seu site repudiando a atuação da diretoria cruzeirense.

Gilberto tem contrato com o Botafogo até o fim do ano. O clube carioca pede que o Cruzeiro aguarde o fim das negociações para a renovação contratual antes de procurar o jogador.

Segundo a nota do clube carioca, há “permanentes negociações com o lateral e seus agentes”. O Botafogo se queixa da ausência de “princípios éticos e esportivos” do Cruzeiro ao tentar acordo com Gilberto, que já poderia assinar um pré-contrato com outro clube.

O Superesportes  procurou a diretoria do Cruzeiro para comentar sobre as queixas do Botafogo. De acordo com o clube mineiro, não há qualquer negociação com o jogador ou seus representantes.

Atualmente, o elenco do Cruzeiro tem três laterais-direitos: Mayke, Ceará e Fabiano.

Confira abaixo, na íntegra, a nota oficial do Botafogo:

Botafogo lamenta e repudia assédio por parte do Cruzeiro

O Botafogo de Futebol e Regatas lamenta e repudia o assédio que seu atleta Gilberto vem sofrendo da parte do Cruzeiro Esporte Clube, conforme noticiado pelo jornal Lance de hoje. Existe vínculo contratual entre o Gilberto e o Botafogo até o final do ano e estamos em permanentes negociações com o lateral e seus agentes.

Assim sendo, recomendam os melhores princípios éticos e esportivos que esta interferência não ocorra sem a desistência do Botafogo, o que está muito longe de ocorrer.

Botafogo de Futebol e Regatas

Fonte: Superesportes