O Botafogo confirmou no último sábado uma lesão na coxa direita de Daniel, que poderia tirá-lo dos jogos da equipe até a Copa do Mundo. Neste domingo, o jogador comentou o caso através de sua assessoria de imprensa e confirmou o prognóstico.

O exame foi feito na sexta-feira no Rio de Janeiro após a partida contra o Goiás, quando deixou o campo com forte dores no local. Daniel, no entanto, diz que está realizando fisioterapia e que as dores já melhoraram bastante. Sua previsão é retornar antes da Copa do Mundo, contra o Corinthians.

“Fiz o exame 48h depois da partida, como é de praxe, e foi diagnosticado grau 1 para grau 2. O prazo de retorno é para seis semanas, mas acredito que antes já estou de volta. No dia seguinte a partida já fiz fisioterapia e as dores estão bem melhores. Estou me dedicando ao máximo para estar de volta antes da parada da Copa e poder enfrentar o Corinthians”, disse o camisa 7.

A partida contra o Corinthians é a última antes da parada para a Copa do Mundo. Mesmo que ele não consiga estar à disposição para o duelo, a notícia é animadora. Isso porque a lesão chegou a assustar e havia a possibilidade de ele voltar aos treinamentos apenas após a competição mundial, o que não se confirmou.

Assim, Daniel estará à disposição do técnico Vagner Mancini no período em que o Botafogo terá para a disputa da Copa do Mundo. O recesso é visto como fundamental para o treinador, que tem como objetivo deixar o elenco com uma capacidade física superior à atual.

Fonte: UOL