Bruno Silva não será afastado após desrespeitar a torcida do Botafogo e fazer gestos indicando que está indo embora do clube. Segundo a Rádio Brasil, em seu Twitter, o presidente Carlos Eduardo Pereira descartou a hipótese de afastamento do volante.

Porém, não está descartada haver alguma punição, como multa em seus vencimentos.

Com contrato com o Botafogo até o fim de 2018, Bruno Silva está envolvido em especulações sobre uma possível saída. O volante inclusive já chegou a ser anunciado pelo Cruzeiro, que voltou atrás e disse que o negócio é difícil.

Após atuação ruim e desabafo contra a torcida, o volante postou em seu Instagram nesta quinta-feira que estava de cabeça quente e pediu desculpas pelo ato.

Fonte: Redação FogãoNET e Twitter da Rádio Brasil