O Botafogo foi melhor, teve mais posse de bola, mais finalizações, mas conseguiu ser derrotado pela Chapecoense, que pouco fez, por 2 a 1, neste domingo, na Arena Condá. O resultado recolocou o Glorioso na zona de rebaixamento, com 17 pontos, sendo ultrapassado pelo Sport, que venceu o Cruzeiro em Belo Horizonte.

É bem verdade que no final do primeiro tempo o Botafogo teve um gol legal mal anulado pela arbitragem, que assinalou impedimento de Salgueiro, autor da assistência para Canales balançar a rede. Mas o Glorioso deixou de somar pelo menos um ponto fora de casa.

Diogo Barbosa domina marcado de perto pelo rival da Chape (FOTO: Lancenet)Diogo Barbosa domina marcado de perto pelo rival da Chape (FOTO: Lancenet)

Hyoran abriu o placar no primeiro tempo para a Chapecoense. No segundo tempo, o Botafogo pressionou e conseguiu empatar aos 40 minutos, com Camilo, cobrando falta. Mas no lance seguinte, após falha de Rodrigo Lindoso, Lucas Gomes chegou livre na cara de Sidão para finalizar e decretar a vitória dos catarinenses. Algo inacreditável!

Agora, é virar a chave e pensar no Bragantino, adversário de quarta-feira pela Copa do Brasil, na Arena Botafogo, às 19h30. Para avançar às oitavas de final, o Glorioso pode empatar por 0 a 0 ou 1 a 1, já que o primeiro jogo no interior paulista terminou 2 a 2.

Fonte: Redação FogãoNET