Dois times desgastados, mas de certa maneira empolgados com o que estão conseguindo nesta temporada. Assim se resume o encontro entre Botafogo e Bahia, programado para este domingo, às 19h (de Brasília), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Ambos somam três pontos na competição. Porém, não vinham encarando o Brasileirão da maneira mais convencional.

O Bahia, por exemplo, está de ressaca após conquistar no meio de semana o título da Copa do Nordeste, que veio com um triunfo por 1 a 0 sobre o Sport. Já o Alvinegro, que na rodada passada superou a Ponte Preta por 2 a 0, no meio de semana conseguiu assegurar a primeira posição do Grupo 1 da Copa Libertadores, apesar da derrota de 1 a 0 para o Estudiantes na Argentina.

O desgaste causado por esses jogos no meio de semana é motivo de preocupação para ambos os treinadores.

“O desgaste existe e temos que conviver com ele, como estamos fazendo desde o começo deste Campeonato Brasileiro. O jogo contra o Bahia é importante e montamos um planejamento para ele. Espero que possa surtir o resultado desejado, como surtiu contra a Ponte Preta na semana passada”, disse Jair Ventura, comandante do Botafogo.

Guto Ferreira, técnico do Bahia, vê a partida diante do Botafogo como uma das mais complicadas para a sua equipe justamente por conta do desgaste vivido pelo Tricolor da Boa Terra nas últimas semanas.

“Sabemos que passado o jogo contra o Botafogo vamos ter um tempo maior para descansarmos e nos prepararmos para o que está por vir nesta temporada ainda. Temos um Campeonato Brasileiro que queremos disputar em grande nível e por isso mesmo posso assegurar que vamos neste domingo para uma das nossas partidas mais complicadas. Não apenas pela qualidade do adversário, mas pelo que enfrentamos até aqui em termos de desgaste”, afirmou Guto.

O fato de o Bahia ter vencido no meio de semana o título da Copa do Nordeste ligou o sinal de alerta para os botafoguenses.

“Sabemos que teremos pela frente um adversário qualificado e que está muito empolgado pela conquista de um título importante no cenário nacional. O Bahia é muito bem treinado e vamos precisar fazer um jogo muito bom se quisermos atingir nossos objetivos neste domingo”, assegurou o atacante Roger.

Em termos de escalação o Botafogo contará com o retorno do meia Camilo, que foi poupado contra o Estudiantes, e do atacante Rodrigo Pimpão, que cumpriu suspensão por acúmulo de cartões amarelos na Argentina. Já Rodrigo Lindoso entra no lugar de Bruno Silva, suspenso. O time, porém, só deverá ser confirmado minutos antes do confronto.

Pelo lado do Bahia, Guto Ferreira não definiu a escalação e cogita a possibilidade de preservar alguns titulares. Porém, é certo o desfalque do lateral esquerdo Pablo Armero, que cumpre suspensão por ter sido expulso na derrota de 2 a 1 para o Vasco no fim de semana passado. Matheus Reis assume a lateral esquerda nesta partida.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO X BAHIA

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 28 de maio de 2017 (Domingo)
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (Fifa-PR)
Assistentes: Bruno Boschilia (Fifa-PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Emerson Santos, Joel Carli, Igor Rabello e Víctor Luís; Aírton, Rodrigo Lindoso, João Paulo e Camilo; Rodrigo Pimpão e Roger
Técnico: Jair Ventura

BAHIA: Jean, Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Matheus Reis; Renê Júnior, Edson, Régis, Agustín Allione e Zé Rafael; Edigar Junio
Técnico: Guto Ferreira

Fonte: ESPN.com.br