O Botafogo volta a campo neste sábado pela primeira vez após ser rebaixado no último Campeonato Brasileiro. A partida contra o Boavista, ás 17h, em São Januário, é apenas a estreia do Carioca, mas já terá importante papel na remontagem da imagem do Alvinegro, muito arranhada após a última temporada.

Bem verdade que o Botafogo é praticamente outro. Mais de 20 jogadores deixaram o clube para a chegada de 13 reforços. O novo treinador, René Simões, já deu uma nova cara ao Alvinegro, que passou por alguns testes na pré-temporada. Em crescimento, o time de General Severiano iniciou perdendo para o Gonçalense e evoluiu até golear o Duquecaxiense por 7 a 0 na última quarta-feira.

“O Botafogo montou uma nova equipe. O único que jogava com regularidade era o Jefferson. São todos novos. Até o [Marcelo] Mattos, que está há muito tempo aqui, não vinha jogando por lesão. Seria uma audácia dizer que o Botafogo é favorito [no Carioca]. Mas chegamos com muita vontade atrás do título. Outras equipes, por mexerem menos e terem mantido treinador, saem mais a frente”, resumiu o comandante do Alvinegro.

E para apagar a péssima imagem deixada após o rebaixamento, o Botafogo conta com uma fórmula: se entregar o máximo possível em cada jogo. “O Boavista tem uma equipe bem montada. Todos os jogos serão como se fossem de Copa do Mundo para a gente. Esse vai ser o nosso lema. Do outro lado, o Boavista vai fazer a Copa contra o Botafogo”, afirmou René Simões.

Boavista virá ‘aguerrido’ contra o Botafogo

O Boavista não está nem aí para o projeto de reconstrução da imagem do Botafogo. Pelo contrário. O grande objetivo da equipe de Saquarema é adiar os planos do rival para ter um bom início no Campeonato Carioca.

“Nossa semana foi ótima. Trabalhamos bem. A expectativa é contar com um Boavista aguerrido, com qualidade pra jogar. Queremos buscar sempre o resultado positivo”, disse o técnico Antônio Carlos Roy ao Futrio.

BOTAFOGO X BOAVISTA

Local: Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 31 de janeiro de 2012, neste sábado
Horário: 17 horas (horário de Brasília)
Árbitro: Philip Georg Bennett
Assistentes: Dibert Pedrosa e Carlos Henrique Alves

BOTAFOGO
Jefferson; Gilberto, Roger Carvalho, Renan Fonseca e Thiago Carleto; Marcelo Mattos, Willian Arão, Gegê e Diego Jardel; Rodrigo Pimpão e Bill
Técnico: René Simões

BOAVISTA
Dida; Yago, Bruno Costa, Edmário e Jeff Silva; Vitor Faíska, Fábio Azevedo, Erick Flores e Francismar; Edu e Anselmo.
Técnico: Antônio Carlos Roy

Fonte: UOL