Logo depois da derrota por 2 a 1 para a Aparecidense que eliminou o Botafogo logo na primeira fase da Copa do Brasil, o técnico Felipe Conceição deu entrevista coletiva e afirmou que não teme perder o cargo de treinador. Ele agora está ainda mais pressionado antes da semifinal da Taça Guanabara, sábado, contra o Flamengo.

– Não temo pelo meu trabalho. Penso em tirar lição, que o grupo cresça e que a gente consiga reverter essa situação já sábado. Temos que ser forte suficiente para assumir as coisas que acertamos e erramos. E buscar melhorar, que isso traga lições para a gente. Temos que usar isso como mola para impulsionar a reação, e não ficar na tristeza, no sabor da derrota até sábado. Temos que reverter isso, sermos fortes, isso pode fortalecer o grupo desde que a gente reaja – disse.

Felipe defendeu a estratégia de três zagueiros usada em Aparecida de Goiânia, que se mostrou ineficaz:

– A decepção é grande, a gente não queria ser eliminado na primeira fase. Lutamos, batalhamos, escolhemos a melhor estratégia para o tipo de jogo, o regulamento… Infelizmente não conseguimos. A gente fez um bom primeiro tempo, criamos mais chances mesmo não tendo o controle da posse. Era uma estratégia de jogo sair no contra-ataque, conseguimos criar algumas chances. A questão do regulamento, de se tomar mais um gol poder ser eliminado, mexeu. Depois equilibramos. Mas no final, após a expulsão, o time deles voltou a ter chances e acabou fazendo o gol da vitória.

Fonte: Redação FogãoNET