Diante de pouco mais de 8 mil torcedores e num jogo de baixíssima qualidade técnica, Botafogo e Fluminense empataram em 0 a 0 na tarde deste sábado, no Maracanã, pela segunda rodada da Taça Guanabara do Campeonato Carioca. O Glorioso foi a dois pontos na classificação do Grupo C e segue sem vencer no Estadual, após duas rodadas.

Com o forte calor no primeiro tempo, o jogo foi disputado em ritmo lento, mas com o Botafogo ligeiramente superior. A melhor chance da etapa inicial foi alvinegra. Aos 17 minutos, Luiz Fernando caiu pela esquerda e cruzou, João Paulo chegou cabeceando, mas tirou demais do gol e a bola saiu à direita do gol. E nada muito além disso.

Fluminense x Botafogo (FOTO: Vitor Silva/SSPress/BFR)Ex-alvinegro Jadson dá o combate em João Paulo (FOTO: Vitor Silva/SSPress/BFR)

No segundo tempo, quem foi superior foi o Fluminense. Logo aos cinco minutos, Jefferson de redimiu da falha na estreia e salvou o Botafogo, com uma defesaça em cabeçada do ex-alvinegro Gilberto. Dois minutos depois, os tricolores chegaram a balançar a rede com o zagueiro Ibañez, mas o árbitro atrás do gol, Philip Bennett, acusou falta e o gol foi invalidado.

O Fluminense continuou melhor, mas, assim como o Botafogo, mostrou um futebol muito fraco e o clássico acabou mesmo zerado. Na próxima rodada, o Glorioso encara o Macaé, no Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo, em Macaé, quinta-feira, às 19h30.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 0 X 0 BOTAFOGO

Estádio: Maracanã
Data/Hora: 20/1/2018 – 17h
Árbitro: Mauricio Machado Coelho Junior (RJ)
Assistentes: Wendel de Paiva Gouvêa (RJ) e Thiago Gomes Magalhães (RJ)
Renda e público: R$ 220.510,00 / 7.126 pagantes / 8.538 presentes
Cartões amarelos: Ibañez, Marcos Jr. e Douglas (FLU); Igor Rabello, Matheus Fernandes, Rodrigo Lindoso e João Paulo (BOT)
Cartões vermelhos:
Gols:

FLUMINENSE: Júlio César; Renato Chaves (Matheus Alessandro 38’/2ºT), Gum e Ibañez; Gilberto, Jadson, Douglas, Sornoza e Marlon (Ayrton Lucas 27’/2ºT); Marcos Jr. (Robinho 38’/2ºT) e Pedro – Técnico: Abel Braga.

BOTAFOGO: Jefferson; Arnaldo, Igor Rabello, Marcelo e Gilson; Matheus Fernandes, João Paulo e Leo Valencia (Rodrigo Lindoso 9’/2ºT); Luiz Fernando (Leandro Carvalho 30’/2ºT), Rodrigo Pimpão (Ezequiel 25’/2ºT) e Brenner – Técnico: Felipe Conceição.

Fonte: Redação FogãoNET