Fora por pelo menos um mês devido a uma lesão no músculo posterior da coxa direita, o meia Walter Montillo está incomodado. Segundo o Globoesporte.com, o argentino procurou a diretoria do Botafogo para abrir mão do próprio salário no período em que estiver no departamento médico.

Apesar de considerar a atitude do meia louvável, a diretoria do Botafogo, por meio do presidente Carlos Eduardo Pereira, recusou a oferta. A direção acredita que Montillo é um jogador indispensável, símbolo da reestruturação do Botafogo.

Montillo marcou um gol e deu duas assistências em 12 jogos com a camisa 7 do Botafogo, e tem se mostrado muito chateado por não estar conseguindo brilhar no clube.

Fonte: Globoesporte.com