A situação financeira segue gerando problemas ao Botafogo. Com atraso em parte dos salários de maio e até de metade do 13º de 2014, funcionários da equipe de apoio pensam em fazer greve. A insatisfação aumentou porque jogadores e outros integrantes da comissão técnica estão com salários em dia. A informação é do site “Globoesporte.com”.

– Estamos trabalhando duro para desbloquear os quase R$ 2 milhões que temos na Justiça do Trabalho. Infelizmente não depende da nossa vontade. Todos os funcionários do clube receberam parte de seus salários. Ninguém está 100% atrasado. Faz-se o possível e o impossível dentro das condições do clube – comentou o presidente Carlos Eduardo Pereira ao “Globoesporte.com”.

Fonte: Globoesporte.com