A partida do último domingo, contra o Vitória, foi a quinta em que o Botafogo levou um gol nos últimos cinco minutos durante o Campeonato Brasileiro que causou a derrota da equipe. Desses cinco, três foram sofridos nos acréscimos.

Os gols sofridos no fim custaram pontos valiosos ao Alvinegro, que já poderia estar até no G-4 caso tivesse empatado quatro desses cinco jogos – ou vencido ao menos dois. A classificação nas quatro primeiras posições classificaria o clube diretamente para a fase de grupos da Libertadores.

O principal argumento do técnico Jair Ventura é que o lado físico pesou nesses jogos. Em partidas anteriores, o time tinha que conciliar Brasileiro e Libertadores; e contra o Vitória, domingo, dois jogadores saíram por motivos médicos (Carli e Victor Luis) e Rodrigo Pimpão não estava em pleno ritmo porque se recuperava de pancada no joelho.

Agora, o Alvinegro terá muito tempo para descansar e recuperar lesionados: o próximo jogo, contra a Chapecoense, é só no próximo dia 11.

As partidas que o Botafogo perdeu nos cinco últimos minutos:

– Santos 1 x 0 Botafogo

Gol de Victor Ferraz aos 51 do 2º tempo.

– Botafogo 3 x 4 São Paulo

Gols de Hernanes aos 41 e de Marcos Guilherme aos 46 do 2º tempo.

– Botafogo 1 x 2 Palmeiras

Gol de Deyverson aos 41 do 2º tempo.

– Ponte Preta 2 x 1 Botafogo

Gol de Emerson Sheik aos 43 do 2º tempo.

– Botafogo 2 x 3 Vitória

Gols de André Lima aos 45 e Danilinho aos 50 do 2º tempo.

Fonte: Extra Online