Sem impôr qualquer dificuldade, o Botafogo foi goleado pelo Grêmio por 4 a 0 neste sábado, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, na abertura da 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Fogão segue tendo péssimo retrospecto fora de casa – apenas seis pontos em 12 partidas – e se aproxima perigosamente da zona de rebaixamento, podendo terminar a rodada na 16ª posição.

O Botafogo encarou um gramado pesado no estádio gremista e viu sua estratégia ruir logo no começo do jogo. Aos nove minutos, numa sequência de falhas, Yago recou errado para Saulo, o goleiro espanou, a jogada seguiu, Luan chutou e Carli defendeu com o cotovelo. Pênalti, que Jael cobrou ao estilo de Loco Abreu, com cavadinha, fazendo 1 a 0 para os donos da casa.

É bem verdade que o Botafogo poderia ter empatado aos 14 minutos, quando o árbitro não viu Carli ser empurrado no ar por Geromel ao cabecear a bola e ignorar um pênalti claríssimo. Mas, fora esse lance, o Glorioso foi facilmente envolvido pelo Grêmio, que chegava sempre com perigo ao ataque. Aos 31, Jael acertou o travessão. E, aos 44, o mesmo Jael fez 2 a 0, em cima de Carli.

No segundo tempo, o jogo continuou totalmente dominado pelo Grêmio, e o Botafogo escapou de tomar uma goleada histórica. Logo aos sete minutos, Erik saiu jogando errado e Everton acertou a trave. Aos 15, sem qualquer marcação, Alisson recebeu livre, teve espaço e fez o terceiro. Pouco tempo depois e Everton correu livre, avançou e só não fez o quarto porque Saulo fez boa defesa.

Depois disso, a chuva caiu com mais força, deixando o campo ainda mais pesado e encharcado. Mas ainda deu tempo para o Grêmio fazer o quarto. O árbitro apontou mão de Carli dentro da área (mais uma vez), mesmo ele estando de costas para o lance. O pênalti foi batido por André, que fez 4 a 0. O Botafogo caiu para a 13ª posição, com 25 pontos, mas pode despencar para a 16ª dependendo da sequência da rodada.

Próximos jogos

O Botafogo terá uma semana movimentada. Após a derrota no Sul, o Glorioso receberá o Cruzeiro, quarta-feira, às 19h30, no Estádio Nilton Santos, e depois terá o clássico contra o Fluminense, domingo que vem, dia 9, às 16h, no Maracanã.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 4 X 0 BOTAFOGO

Estádio: Arena do Grêmio
Data-Hora: 01/09/2018 – 16h
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Assistentes: Alessandro Rocha de Matos (BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)
Renda e público: R$ 538.966,00 / 14.852 pagantes / 16.589 presentes
Cartões amarelos: Cícero e Cortez (GRE); Carli, Marcelo Santos e Rodrigo Pimpão (BOT)
Cartões vermelhos:
Gols: Jael 11’/1ºT (1-0), Jael 44’/1ºT (2-0), Alisson 15’/2ºT (3-0) e André 30’/2ºT (4-0)

GRÊMIO: Paulo Victor; Léo Moura, Geromel, Kannemann e Cortez; Cícero (Douglas 32’/2ºT), Maicon (Alisson 16’/1ºT) e Ramiro; Luan, Everton e Jael (André 23’/2ºT) – Técnico: Renato Gaúcho.

BOTAFOGO: Saulo; Marcinho, Carli, Yago e Moisés; Jean, Matheus Fernandes (Marcelo Santos – Intervalo) e Leo Valencia; Luiz Fernando (Rodrigo Pimpão 16’/2ºT), Erik e Brenner (Aguirre 28’/2ºT) – Técnico: Zé Ricardo.

Fonte: Redação FogãoNET