O Botafogo está de volta à zona de classificação para a Libertadores de 2018. E sem jogar. Isso graças ao título da principal competição continental conquistado pelo Grêmio nesta quarta-feira, em cima do Lanús, na grande Buenos Aires, com vitória no placar agregado por 3 a 1.

Com vaga garantida na próxima Libertadores por conquistar a atual edição, o Grêmio – terceiro colocado no Campeonato Brasileiro, com 62 pontos – abriu mais uma vaga para o torneio continental via Série A. O G-7 agora virou G-8. E o Botafogo, que está em oitavo, com 52 pontos, entrou na zona de classificação.

Botafogo só depende de si para voltar à Libertadores (FOTO: Vitor Silva/SSPress)

Botafogo só depende de si para voltar à Libertadores (FOTO: Vitor Silva/SSPress)

Desta forma, o Botafogo depende apenas de suas próprias forças para voltar à Libertadores em 2018: basta vencer o Cruzeiro, domingo, no Estádio Nilton Santos, na última rodada do Campeonato Brasileiro. Se empatar, precisará torcer para que a Chapecoense e o Atlético-MG não vençam seus jogos – ou para apenas um tropeço destes adversários, somado a uma derrota do Vasco para a Ponte Preta, em São Januário.

Mesmo com derrota no domingo, o Botafogo pode se classificar. Para isso, teria de torcer para que Chapecoense e Atlético-MG no máximo empatem contra Coritiba, em Chapecó, e Grêmio, no Independência, e para que não haja um vencedor no duelo São Paulo x Bahia, no Morumbi – o tricolor paulista, além de vencer, ainda teria que tirar a diferença no saldo de gols em relação ao Glorioso.

E ainda pode ter vaga direta na Libertadores…

O título do Grêmio também abriu a possibilidade para que o Botafogo conquiste a vaga direta à fase de grupos da Libertadores-2018, já que o sexto colocado agora também tem esse direito. Para atingir o feito, o Botafogo precisa vencer o Cruzeiro e torcer para que Flamengo e Vasco não vençam seus jogos, contra Vitória, em Salvador, e Ponte Preta, em São Januário.

Até mesmo com empate o Botafogo tem chances de obter a vaga direta e fugir da fase preliminar. Isso aconteceria apenas em caso de derrota do Vasco para a já rebaixada Ponte Preta e de não-vitórias de Chapecoense e Atlético-MG. Para entender melhor, a classificação atualizada está logo abaixo:

Fonte: Redação FogãoNET