Honda está mais próximo da estreia pelo Botafogo. O craque japonês não poderá atuar domingo contra o Boavista, mas provavelmente na próxima semana já está regularizado pelo clube. O advogado André Alves esteve com o meia nesta sexta-feira na Polícia Federal e explicou os procedimentos realizados em entrevista à Rádio Brasil.

Banner da loja do FogãoNET para faixa japonesa

– Estamos nessa correria já há um tempo para regularização do Honda no menor prazo possível. A maioria dos trâmites depende de órgãos públicos e inclusive repartições japonesas, leva um tempo. O recesso do carnaval também atrapalhou um pouco. O visto de trabalho foi deferido na sexta-feira antes do carnaval pelo Ministério do Trabalho, mas não houve tempo hábil de publicação no Diário Oficial, que é um requisito necessário. Hoje foi publicado no Diário Oficial da União, então conseguimos trazer na Polícia Federal para fazer o registro e terminar esse trâmite mais burocrático de visto de trabalho – explicou André Alves.

– Com esse trâmite realizado vai estar hábil para emitir carteira de trabalho que possibilite assinar contrato definitivo. E com isso poderemos realizar todos os procedimentos de registro na Federação (Ferj) e na CBF, para que tenha condições de jogo na Taça Rio. A previsão é que isso se resolva hoje e no início da semana que vem já esteja regularizado e em condições de jogo – afirmou o advogado.

Banner da loja do FogãoNET para faixa japonesa

De acordo com André Alves, Honda foi parado diversas vezes na Polícia Federal com pedidos de selfie. O craque está na expectativa por poder entrar em campo e vestir a camisa do Botafogo.

– Está ansioso e animado. É tudo novidade para ele, se sentiu bastante acolhido pela torcida, pelo grupo e pela comissão técnica. Está bastante empolgado a com possibilidade de estrear, querendo se apresentar no máximo das condições físicas dele – completou.

Fonte: Redação FogãoNET e Rádio Brasil