A imprensar relatou uma discussão áspera entre torcedores e membros da comissão técnica na derrota do Botafogo por 2 a 1 para o Boavista. O técnico Eduardo Hungaro confirmou o ocorrido, mas minimizou, convocando a torcida para o jogo com o Independiente Del Valle, terça-feira, no Maracanã, pela Libertadores.

– A torcida está aborrecida, mas ninguém está mais que a gente. Tem 2 ou 3 rapazes que sempre ficam xingando, em Moça Bonita também, mas é normal de quem fica triste quando perde. A torcida do Botafogo é a que lotou na Libertadores, vai lotar de novo e nos empurrar para a vitória e a classificação. A torcida é aquela da força fantástica contra o Criciúma, Deportivo Quito e San Lorenzo. Vai apoiar mais uma vez, porque quer é a Libertadores – aposta Hungaro, que evita atrito com os torcedores.

– Encaro com a maior naturalidade. A torcida está coberta de razão. Temos que entender que há quem vá para protestar ou xingar, cada um tem sua forma de agir e pensar. Nunca vou me colocar contra a torcida. Estamos chateados e reagindo a xingamentos, ninguém tem sangue de barata. São dois ou três que sempre xingam, já xingavam Oswaldo (de Oliveira) e Joel (Santana). Pedimos desculpas a eles, mas estamos ainda mais chateados. Se nos unirmos, formos juntos para a Libertadores, a torcida vai nos empurrar para mais uma vitória terça. Quando junta torcida e time, é muito difícil nos vencerem – diz.

Fonte: Redação FogãoNET