Embora tenha priorizado a Copa Libertadores, escalando por diversas vezes uma equipe reserva no Campeonato Carioca como aconteceu neste sábado contra o Nova Iguaçú, o técnico Eduardo Hungaro lamentou a campanha vexatória do Botafogo na competição. O treinador citou as tradições do clube e falou em avaliação para o restante da temporada.

“Foi um Estadual muito aquém do que imaginávamos. Nada a ver com a tradição do Botafogo. Temos que ter muita responsabilidade e seriedade na avaliação disso. Esta avaliação é muito importante para a sequência do ano”, ressaltou.

Apesar de admitir o fracasso no Estadual, Hungaro pediu para que todos encarem a situação de frente. O treinador também tirou como ponto positivo o fato de poder ter feito uma observação geral das peças que tem a sua disposição em 2014.

“É uma situação que temos que encarar de frente, enxergando o positivo e o negativo para tirar as conclusões. Temos um raio x de quase todos os jogadores. Todos foram observados e tiveram oportunidades. Teremos o andamento na Libertadores e o Brasileiro, que é muito mais difícil que o Estadual. Temos que estar alertas para o resultado no Estadual”, destacou.

O Botafogo terminou sua participação na Taça Guanabara somando 17 pontos em 15 jogos. Foram quatro vitórias, cinco empates e seis derrotas.

Na Libertadores, a equipe é líder do Grupo 2 e pode garantir a classificação antecipada às oitavas caso vença sua próxima partida, contra o Unión Española, no Maracanã.

Hungaro lamenta equipe não honrar as tradições do Botafogo no Carioca

3
Fonte: UOL