Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Jefferson admite ‘pessimismo’ sobre o Botafogo: ‘Estivemos sempre confiantes’

0 comentários

Compartilhe

Em longa entrevista ao site Globoesporte.com, o goleiro Jefferson admitiu que existiu um pessimismo externo quando o ano começou devido à saída de alguns titulares para a Copa Libertadores. Ele também falou sobre a briga por uma vaga no time titular da Seleção Brasileira na Copa do Mundo e da questão do racismo sofrido por Tinga, do Cruzeiro, no Peru.

PESSIMISMO?

Infelizmente isso acontece quando se trata do Botafogo, existe algum pessimismo. Mas nós jogadores sempre estivemos confiantes. Fizemos um ano passado maravilhoso, e a base foi mantida. Apesar de algumas saídas, a equipe manteve o bom nível e começou bem na Libertadores. Estamos todos muito focados e esperamos que o Botafogo venha a trilhar um bom caminho. É apenas o começo, vamos brigar pelo título da Libertadores.

RETRANCA NO CHILE?

Não podemos mudar nossas características. O Botafogo não é um time que fica lá atrás esperando o adversário. É uma equipe de iniciativa, de atitude. Nós vamos jogar aqui no Chile desde o início buscando os três pontos, no ataque e agressivos, porque esse é o jogo do Botafogo. Essa é a lição. Se ficarmos lá atrás esperando adversário, não vamos conseguir nosso objetivo.

BRIGA PARA SER O TITULAR DE FELIPÃO

Fiquei muito feliz pelo carinho dos torcedores, que fizeram mais um coro para mim. É um reconhecimento que também vem de torcedores de outros times. Muitos deles falam que eu mereço ser titular, e isso me deixa muito contente. O trabalho vem sendo bem feito, e vou brigar bastante por essa titularidade.

Sempre fui um garoto, um homem persistente. Quando você quer alguma coisa, tem que ir atrás. Mesmo se o Felipão dissesse que o Julio seria o titular na Copa, eu ia trabalhar ainda mais para mostrar a ele que tinha condições de ser o titular. Mas se ele falasse que eu seria o titular, eu não mudaria e seguiria trabalhando com a mesma intensidade. Tenho que continuar acreditando no que faço hoje e buscar essa oportunidade. Primeiro quero pensar no Botafogo e depois da convocação final, dia 7 de maio, só vou pensar na Seleção.

RACISMO

Quando jogava na Turquia nunca tive problema. Acho até que porque há poucos negros lá, eu e um jogador africano do meu time éramos xodós. No Brasil também nunca passei por isso, graças a Deus. Quando as pessoas querem te ferir, fazem a qualquer custo. Às vezes xingam, e quando você não dá bola, apelam para essa questão racial. Esse episódio do Tinga realmente chamou a atenção, mas infelizmente acontece. Não tem como fugir, porque ninguém vai se pintar de branco.

Comentários