Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Jefferson critica ambiente do Botafogo: ‘Não temos perspectiva ou esperança’

0 comentários

Compartilhe

Jefferson, goleiro da seleção brasileira, não poupou palavras para criticar o ambiente que vive no Botafogo neste momento. O atleta afirmou que é impossível ignorar todos os problemas extra-campo e admitiu que isso pode afetar o seu desempenho.

O time carioca vive uma grande crise econômica, atrasa salários e chegou até a perder atleta por causa da situação.

“Eu fico feliz de volta à seleção, mesmo com todos esses problemas financeiros. Eu tenho que ir muito bem para continuar sendo convocado”, disse o arqueiro.

“Não tem como ignorar essa situação, mas a gente sabe que é atípico. Estamos sem nenhuma perspectiva, sem muita esperança de coisa melhor. Mas em novembro vai melhorar e a nova diretoria pode mudar o planejamento do Botafogo. A gente sabe que o time é grande, almejará novos objetivos”, completou.

O Brasil volta a treinar nesta quarta-feira (03), desta vez, no Sunlife Stadium, palco do jogo do dia 05 contra a Colômbia. Na última terça, Dunga comandou o treino com o seguinte time: Jefferson; Maicon, Miranda, David Luiz e Filipe Luís; Ramires, Luiz Gustavo, Oscar e William; Neymar e Diego Tardelli.

Racismo com Aranha

Jefferson também aproveitou a entrevista para lamentar a situação que tem visto Aranha, goleiro do Santos, sofrer no Brasil. O botafoguense disse que acompanha a polêmica mesmo de longe, em Miami com a seleção, e  pediu que todas as medidas sejam tomadas para evitar que isso se repita.

“É muito lamentável ver a situação que ele está vivendo. Graças a Deus, nunca vivi isso. Mas isso só vai acabar quando tiver a punição necessária, é isso que eu espero. A gente se coloca na pele da família, dos que estão envolvidos. Isso só vai acabar quando tiver punição”, completou.

Comentários