Luís Henrique, de 17 anos, precisou de apenas dois jogos para encantar não somente os botafoguenses, mas os amantes do bom futebol. Porém, o que fez na base do Flamengo, de onde saiu em 2013, não convenceu os dirigentes da Gávea. O jovem atacante do Botafogo está ainda no seu primeiro ano de contrato profissional que, assinado em maio de 2014, garantiu-lhe um salário inferior a R$ 2,5 mil, dentro da faixa paga aos juvenis. Os dois gols sobre o Sampaio Corrêa e a bola no travessão contra o Ceará estão fazendo Luís Henrique sonhar com um salário de profissional. E o Botafogo já pensa em aumentar a multa rescisória do contrato que expira em maio de 2017. Hoje, para tirar o rapaz do Botafogo, um clube do exterior terá de pagar R$ 15 milhões, valor que cai para R$ 7 milhões dentro do Brasil.

 

Fotos: reprodução do Facebook e SSPress / Divulgação

Fonte: Blog da Marluci Martins - Extra Online