Ídolo do Botafogo, Loco Abreu revelou ao site “Globoesporte.com” que esteve perto de retornar ao clube em 2015. Porém, segundo o atacante do Sol de América (PAR), um dirigente vetou.

– O presidente queria, mas quem não quis foi o gerente esportivo, o Antônio Lopes. Ele que barrou o meu retorno (…) Dentro de mim, obviamente, o sonho de voltar ao Botafogo, de poder desfrutar do dia a dia no clube, ainda existe. Mas é um sonho só. Não posso falar mais do que isso porque hoje não tem nada. Só tenho a certeza de que vou voltar a colocar a camisa do Botafogo pelo menos em um último jogo de despedida – afirmou o uruguaio.

Sem arrependimentos, Loco disse ainda que queria ter ficado mais tempo no Botafogo. Agora, só observa e segue acompanhando os jogos, quando possível.

– Agora no Paraguai está meio difícil. Leio as notícias. Mas sobre o nível do time eu não posso falar. Dá para perceber que está fazendo uma boa campanha no Campeonato Carioca, tem um elenco competitivo. Mas para Série A é outra coisa, precisa de qualidade, experiência, precisa reforçar o elenco. O torcedor vai exigir isso, vai exigir que o time fique na parte de cima da tabela no mínimo. É bom ver o Botafogo indo bem no Carioca, mas não adianta se enganar. Tem que se preparar e se reforçar em alguns setores. Elenco competitivo não é apenas contratar. Sabemos bem que no Brasileirão a porrada é grande. A cada três dias tem jogo, machuca, tem suspensão… Se não tiver um elenco qualificado, vai sofrer e perder pontos – alerta.

Fonte: Globoesporte.com