Maraca: Bota finaliza contrato para estrear 1º de agosto

Compartilhe:

Desde a interdição do Engenhão, no dia 26 de março, o Botafogo vive negociações intensas para a realização de seus jogos como mandante, principalmente no Campeonato Brasileiro. A principal delas é com o Maracanã, e até sexta-feira a busca por uma nova casa deve chegar ao fim com o anúncio do acordo por dois anos. A estreia será no dia 1º de agosto, uma quinta-feira, às 19h30m, contra o Vitória. O contrato será semelhante ao feito pelo Fluminense, mas com duração muito menor, já que o rival assinou por 35 anos.

Na negociação com o Maracanã, novos elementos surgiram depois do anúncio da assinatura do contrato do Flamengo com o consórcio por seis meses. Há apenas detalhes financeiros e operacionais em discussão com o Botafogo para a finalização do acordo, que precisa ser fechado até o fim da semana, pois segunda-feira expira o prazo para a definição do local do jogo com o Vitória.

Entre os detalhes, a questão do posicionamento de torcidas de outros estados na arquibancada e divisão ou não de renda nos clássicos. Há também a preocupação com relação aos lugares dos torcedores com direito a ingressos gratuitos, que podem diminuir a capacidade de arrecadação do clube, caso receba apenas os 43 mil ingressos que também estarão disponíveis para o Fluminense no acordo já assinado.

Antes de seu primeiro jogo como mandante, o Botafogo já tem confirmada a sua reestreia no estádio onde jogou pela última vez em 2010, na vitória por 2 a 1 sobre o Flamengo que valeu o título do Campeonato Carioca. O Rubro-Negro marcou o clássico do dia 28 de julho para o Maracanã, depois de fechar seu acordo na semana passada.

Além da negociação com o Consórcio Maracanã, o Botafogo teve mais uma conversa com os administradores do Estádio Mané Garrincha na noite de segunda-feira. A maior reclamação da diretoria do Botafogo é com relação ao aumento do valor das taxas, especialmente a de aluguel, que varia de 13% a 15%, dependendo do número de jogos previstos no contrato. Há a promessa da realização de pelo menos um jogo no local.

O Botafogo segue recebendo propostas de outras cidades, como Fortaleza e João Pessoa. No entanto, a comissão técnica e os jogadores já se manifestaram contra viagens em excesso durante a disputa do Brasileirão. O time já atuou na Arena Pernambuco na competição: venceu o Fluminense por 1 a 0, com um público pagante de menos de oito mil pessoas.

Caso haja algum contratempo na negociação com o Maracanã e o estádio não possa ser utilizado contra o Vitória, São Januário deve ser o escolhido mais uma vez. O estádio do Vasco já será o palco do jogo contra o Náutico, neste sábado. Como o clube cruz-maltino atuará como visitante na 10ª rodada, contra o Goiás, o palco estará vago novamente. Mais uma vez, a diretoria evitaria uma viagem dos jogadores para Volta Redonda, onde o clube mandou a maioria de suas partidas desde a interdição do Engenhão.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários