Com uma proposta do Vitória em mãos, o volante Marcelo Mattos aguarda apenas a rescisão oficial de seu contrato. Apesar de ter chego a um acordo para terminar o acordo que iria até junho de 2016, nada ainda foi oficializado. Assim, o volante segue como atleta do Botafogo e fez um trabalho separado no treino de quarta-feira.

– O Botafogo apresentou uma proposta de rescisão ao meu empresário (Carlos Leite). Fiz uma contraproposta, mas eles disseram que não poderiam pagar. Eu aceitei sem problemas. Mas estou desde o início da semana atrás do Botafogo, eles me prometem todos os dias me enviar a rescisão e, até agora, não recebi nada. Fiquei cinco anos no clube, e aceitei tudo certinho. Estou há dois meses sem receber salários, e o Botafogo fica me segurando, me atrapalhando e não me libera. Tenho uma proposta (do Vitória), mas não posso acertar por conta disso. Preciso seguir minha vida – disse o volante ao site Globoesporte.com.

O acordo feito prevê que o Botafogo pague em parcelas os salários atrasados – 10 meses de direitos de imagem, seis de carteira de trabalho, referentes a 2014 -, além dos valores do restante de seu vínculo. Marcelo Mattos fez 177 jogos e marcou dois gols com a camisa alvinegra.

Fonte: Globoesporte.com