Há quatro partidas sem ganhar e precisando reagir para não correr o risco de deixar o G4, a zona de acesso para a elite do futebol nacional. Essa é a situação do Botafogo, que recebe o ABC, nesta terça-feira, às 21h30 (de Brasília), no Estádio Nilton Santos, dois dias antes de completar 111 anos de história.

A derrota por 1 a 0 diante do Santa Cruz tirou o Glorioso da liderança – agora nas mãos do Vitória – e o fez despencar para a quarta posição, estagnado com trinta pontos. Assim, um novo tropeço pode começar a gerar um ar de crise em General Severiano. Justamente por conta dessa necessidade de ganhar, o técnico Ricardo Gomes vem trabalhando o psicológico do elenco.

“O Botafogo vai ter pouco tempo para treinar de uma partida para a outra, e por isso mesmo procurei conversar muito com os jogadores, já que teremos muitas dificuldades. Alguns atletas acabaram de chegar, estão entrando na equipe e essa irregularidade é natural. O importante é a gente saber lidar com essa situação, pois a gordura que a gente tinha foi queimada e temos que voltar a ganhar”, disse Ricardo Gomes.

O jogo desta terça-feira pode ser uma boa oportunidade. O ABC, que vem de um empate por 2 a 2 com o Mogi Mirim, está na zona de rebaixamento com 17 pontos e não ganha há seis partidas. O fato, porém, foi minimizado pelos botafoguenses.

“Não existe jogo tranquilo nesta Série B, e todos os times procuram crescer quando enfrentam o Botafogo. Contra o ABC não vai ser diferente. Não vamos encontrar facilidade, muito pelo contrário. Já jogamos contra outros times que estavam na zona de rebaixamento e não foi fácil, pois eles atuam de maneira mais aguerrida. O Botafogo, porém, vai precisar se impor desde os primeiros minutos, pois apenas a vitória nos interessa”, disse o goleiro Jefferson.

Disposto a dar ritmo ao time e apostar na formação de entrosamento, Ricardo Gomes não deverá promover mudanças na escalação em relação à derrota ante o Santa Cruz no Recife.

Do lado do ABC, mesmo reconhecendo que o Botafogo é um dos times a serem batidos nesta Série B, o técnico Toninho Cecílio mostra otimismo. Mesmo com a péssima fase vivida pelo Mais Querido na Segundona, sem saber o que é vencer desde o dia 7 de julho.

“O meu otimismo vem da subida de produção que estamos conseguindo ter dentro da Série B. Tenho certeza de que bons resultados vão começar a aparecer, mas nesta terça-feira teremos uma partida das mais complicadas. Isso porque o Botafogo, mesmo com o Ricardo Gomes ainda buscando a sua formação ideal, tem grandes opções em seu elenco e vai nos criar muitas dificuldades. Vamos precisar encontrar um modelo de atuação que nos permita jogar de igual contra o Botafogo e neutralizar os pontos mais eficientes desse nosso adversário. Acredito que podemos pontuar”, avaliou Toninho.

Para este jogo, o ABC tem um desfalque. O meia Erivélton, com lesão no joelho direito, fica de fora, sendo substituído por Bismarck. O restante do time será o mesmo que, na última rodada, conseguiu um empate diante do Mogi Mirim no interior paulista.

FICHA TÉCNICA:
BOTAFOGO X ABC

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 11 de agosto de 2015, terça-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Luiz César de Oliveira Magalhães (CE)
Assistentes: Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE) e Vaneide Vieira de Góis (SE)

BOTAFOGO: Jefferson, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Diego Giaretta e Carleto; Serginho, Willian Arão, Octávio e Diego Jardel; Neílton e Álvaro Navarro
Técnico: Ricardo Gomes

ABC: Saulo, Reginaldo, Luizão, Leandro Amaro e Marcílio; Fábio Bahia, Michel, Rafael Miranda e Bismark; Edno e Fabinho Alves
Técnico: Toninho Cecílio

Fonte: ESPN.com.br