A situação de Luis Henrique segue indefinida no Botafogo. Com vínculo até maio de 2017, atacante pode, a partir de novembro, assinar pré-contrato com outro clube. As negociações entre o estafe do jogador e o Alvinegro esfriaram e o imbróglio continua. Recentemente, o atleta, que atuou em apenas quatro jogos no Brasileirão, foi especulado no Atlético-PR, mas o Furacão não chegou a um acordo com o Glorioso. Como a janela de transferências se encerrou no último dia 19 de setembro, o atleta seguiu em General Severiano.

Luis Henrique tem 18 anos e chegou precocemente à equipe profissional do Botafogo, no meio da temporada passada, quando marcou quatro gols em 16 partidas. Na ocasião, o técnico alvinegro ainda era Renê Simões. Neste ano, o atacante perdeu espaço com Ricardo Gomes e, em 22 jogos, balançou a rede em apenas três oportunidades.

Com Jair Ventura, Luis Henrique foi escalado no time titular na partida contra o Cruzeiro, pelo jogo de volta da Copa do Brasil, no Mineirão. Mas o atacante não conseguiu aproveitar a chance. Neste sábado (1ª), o jogador corre por fora por uma vaga no ataque alvinegro. Com Sassá em fase final de recuperação de lesão muscular, abre uma lacuna a ser preenchida no setor ofensivo, mas Canales e Pimpão são os favoritos.

Fonte: Esporte Interativo