Domingo, contra o Criciúma, no Maracanã, o Botafogo joga suas últimas fichas no Campeonato Brasileiro em busca da vaga na Taça Libertadores. Para esse jogo, o técnico Oswaldo de Oliveira deve apostar em um time mais ofensivo do que em relação ao confronto com o Coritiba, na rodada passada.

O volante Renato e o meia Lodeiro participaram do treinamento técnico entre os titulares. Eles entraram nas vagas de Marcelo Mattos e Hyuri. A outra mudança foi a participação de Bruno Mendes, já que Elias fez uma atividade separadamente. No entanto, não deve ser problema.

Para esse jogo, Oswaldo também contará com a volta do lateral-direito Edílson, que cumpriu suspensão contra o Coritiba e foi substituído por Gilberto. O elenco todo estará à disposição do treinador.

A classificação para a Libertadores do ano que vem não depende apenas do resultado do jogo contra o Criciúma. Além de precisar vencer, o Botafogo terá que contar com tropeços de Goiás, contra o Santos, ou Atlético-PR, contra o Vasco, para terminar entre os quatro primeiros colocados.

Caso termine em quarto, o Botafogo ainda precisará torcer para que a Ponte Preta não conquiste a Copa Sul-Americana. O clube paulista inicia nesta quarta-feira a disputa com o Lanús, da Argentina, pelo título da competição.

Fonte: Globoesporte.com