O sonho de contar com Sassá entre os comandados de Mano Menezes permanece vivo no Cruzeiro. A diretoria já se acertou com o estafe do atacante, mas encontra dificuldades para fechar com o Botafogo, detentor de seus direitos econômicos.

Os mineiros e os representantes do atleta de 23 anos chegaram a um consenso. O clube de Belo Horizonte, agora, tenta viabilizar o acordo. O interesse é que a contratação ocorra ainda nesta janela de transferências.

O presidente Gilvan de Pinho Tavares não quer esperar o fim do contrato do jogador com os cariocas – previsto para dezembro deste ano – para que ele chegue à Toca da Raposa II. Por isso, chegou a oferecer nomes importantes no elenco. Élber, Marcos Vinícius, Lucas Romero e Alisson foram cogitados. O quarteto, no entanto, permanecerá na capital mineira.

O Botafogo, a fim de reforçar o setor ofensivo, solicitou a contratação de Raniel. As atuações recentes e a pouca idade, no entanto, impediram que o atleta de 20 anos fosse envolvido no negócio pelo Cruzeiro. O jovem revelado pelo Santa Cruz está nos planos de Mano Menezes para o decorrer da temporada e não deve ser envolvido em uma negociação, sobretudo de caráter definitivo.

Mesmo que tenham boa relação nos bastidores do mercado da bola, os clubes têm encontrado dificuldades para acertar a negociação envolvendo a ida de Sassá para a Toca da Raposa II. As conversas, conduzidas pelo diretor de futebol Klauss Câmara [do Cruzeiro] e o presidente Carlos Eduardo Pereira [do Botafogo], estão longe de um desfecho, mas ainda é possível que tenham um desfecho feliz.

O problema é que o Cruzeiro ganhou concorrentes desde que as tratativas se iniciaram. Há outros clubes interessados na contratação do atleta depois que os mineiros revelaram interesse no acordo.

Fonte: UOL