Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Série B

20/06/21 às 16:00 - Aflitos

Escudo Náutico
NAU

X

Escudo Botafogo
BOT

Série B

17/06/21 às 19:00 - Do Café

Escudo Londrina
LON

2

X

2

Escudo Botafogo
BOT
Ler a crônica

Série B

13/06/21 às 16:00 - Raulino de Oliveira

Escudo Botafogo
BOT

3

X

0

Escudo Remo
REM
Ler a crônica

Autuori chama Estadual de ‘Carioquinha’ e diz que ideia foi construir equipe do Botafogo: ‘Não é parâmetro para nada’

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Entrevista coletiva de Paulo Autuori após Fluminense 0x0 Botafogo
Vitor Silva/Botafogo

Um dos principais críticos da retomada apressada do Campeonato Carioca, o técnico Paulo Autuori afirmou que a principal ideia do Botafogo na competição foi ajudar no processo de formação da equipe. Com o empate em 0 a 0 neste domingo com o Fluminense, o Glorioso foi eliminado do torneio. Ele se referiu ao Estadual como “Carioquinha“.

– Estamos solidificando coisas, é um processo. É o Carioquinha. De alguma maneira, fizemos aquilo que tínhamos que fazer, foi a única competição que voltou, de maneira açodada. Em alguns jogos se cumprem o famigerado protocolo da Ferj, em outros não, haja visto o que aconteceu com o Fluminense em Bacaxá (no jogo contra o Macaé, quinta-feira passada) – afirmou Autuori, completando:

Mochilas, bolsas e carteiras da coleção FogãoNET da Estilo Piti

O Carioca não é parâmetro para nada, não vou trocar a possibilidade de construir algo consistente e consciente por uma situação que pode não levar a nada. Muitas vezes você ganha e tem dúvidas no dia seguinte. Preciso fazer com que essa equipe jogue e ganhe organização. Sabe por que? Porque o campeonato vai parar um mês. Vamos jogar amistoso com quem? Quando vou poder trabalhar a equipe?

Eliminado no Campeonato Carioca, o Botafogo terá agora mais de um mês sem jogos até o início do Campeonato Brasileiro, previsto para iniciar no dia 8 de agosto. Incomodado, Paulo Autuori repetiu as críticas aos dirigentes que apressaram o retorno, num movimento puxado por Flamengo, Vasco e Federação.

– O que adianta ter jogado agora e ficar parado um mês? Se o Brasileiro começar dia 9? Esses são os nossos iluminados que definem as coisas dessa maneira. Está cada vez mais claro que não havia qualquer argumento para sustentar a volta apressada do Campeonato Carioca da maneira como foi – frisou o treinador alvinegro.

Banner da loja do FogãoNET para faixa Konichiwa

Veja o vídeo da coletiva de Autuori na Botafogo TV:

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas
Comentários