A eliminação precoce na Copa do Brasil pode custar o cargo de René Simões. O técnico do Botafogo não teve permanência assegurada pelo presidente Carlos Eduardo Pereira após a derrota por 1 a 0 para o Figueirense. A informação é do site “Globoesporte.com”.

– A torcida paga e tem o direito de protestar sua insatisfação, seja com o treinador, comigo ou qualquer outro membro da diretoria. Eu continuo, a diretoria continua, e, sobre o departamento de futebol, vamos conversar nesta quarta, como sempre fazemos após as partidas. Vamos ouvir o René e ver o que aconteceu. Vamos conversar com o Lopes e agir com tranquilidade. Hoje é um momento de muita tristeza. Estou muito aborrecido, muito decepcionado. Estamos nos empenhando profundamente para dar todas as condições para a equipe de futebol. Então vamos deixar para amanhã, conversar com a comissão técnica, com tranquilidade. Não vamos tomar nenhuma decisão precipitada ou agir sem tranquilidade – disse Carlos Eduardo Pereira.

Fonte: Globoesporte.com