Dentre os assuntos discutidos na Reunião do Conselho deliberativo desta terça-feira (30/06), o presidente Carlos Eduardo Pereira confirmou o pagamento feito pela Prefeitura do Rio de Janeiro de R$ 2,3 milhões, em relação à dívida com o clube, sobre os gastos de água, luz, limpeza e segurança do Nilton Santos desde setembro de 2014.

O valor total da dívida é de R$ 4.367.078,50, de acordo com o decreto assinado pelo prefeito Eduardo Paes, publicado no diário oficial do município da última quinta-feira (25/06). O pagamento foi realizado de forma parcial e o Botafogo ainda tem a receber aproximadamente R$ 2 milhões.

A diretoria pode utilizar o dinheiro para quitar a metade dos salários dos funcionários deste mês e a metade dos direitos de imagem dos jogadores.

Os dirigentes ainda aguardam nesta quarta-feira (01/07), o depósito de 1 milhão de euros (R$ 3,6 milhões) referentes ao pagamento da primeira parcela da venda do zagueiro Dória para o Olympique de Marselha, da França. Ao todo, o acordo feito na ocasião entre as duas equipes prevê a quitação de 4 parcelas, que juntas somam mais de R$ 20 milhões. A segunda parcela será quitada em 1º de julho de 2016. A terceira em dezembro de 2016. A última será depositada em julho de 2017.

Além disso, o Alvinegro já chegou a um acordo da dívida com o ex-atacante Donizete.O clube espera a liberação na Justiça do Trabalho do valor de R$ 1.9 milhões.

Fonte: Super Rádio Tupi